@victorcollor no Instagram


Esse fim de semana, mesmo com todo o sol que teve por aqui em São Paulo, assisti a alguns filmes e resolvi compartilhar um aqui com vocês.

Muita gente usa o Netflix para ver séries americanas e stand up comedy. Numa boa, essas coisas são legais? Sim, são, mas aproveite aquele tempo, seja ele 1 ou 2 horas, ou até 3 como são os filmes de Sergio Leone que você viram aqui, e aproveite para adquirir mais repertório e extrair o que o Netflix tem de melhor: os filmes clássicos em sua maioria e alguma coisa aqui ou ali que é novidade.

film-noir-chinatown-1974-movie-poster-via-professormortis-wordpress

Chinatown
Com 11 indicações ao Oscar em 1975, o fleme de Roman Polanski tem Jack Nicholson ainda bem jovem e conta a história da guerra de águas na Califórnia. Considerado um dos maiores filmes do cinema mundial, ganhou Oscar de melhor roteiro de Robert Towne.

chinatownchinatown_5 dvd_china chinatown-1974-01

Repense a forma que você assiste Netflix!

Imagens: Reprodução

VC_vicco-20072014_DSF7427

Lembram que falei aqui sobre a parceria do Lucas Penido do site muito legal The Hype BR com a West Coast e os documentários sobre a historia do workwear?

Pois bem… (como dizem os portugueses), na semana passada depois da minha temporada carioca, recebi em casa um dos 20 pares que Lucas Penido presenteou por ai, com dedicatória e tudo. Se liga…
Quando abri a caixa, um sorriso já saiu do meu rosto… a caixa linda, minimalista, preto e branco e somente com o necessário estampado: Logo do The Hype BR, West Coast e Limited Edition. Já achei genial!

Dentro da caixa, as lindas botas e cheiro de couro… genial x 2.
Lucas é meu chapa, mas independente disso, não pirava tanto em um calçado como pirei nessas botas. E olha que não sou grande fã de botas. O último calçado que não tirei dos pés foi o par da Cole Haan que comprei em Nova Iorque com solado laranja, lembram? Quando me dei conta, usei a bota desde o dia que ela chegou por aqui com calça skinny dobrada até o cano da bota… será que curti?
O couro é extremamente macio, o solado branco que logo logo vai sujar e ficar mais legal ainda, assim como o couro… quanto mais usado, mais bonito!
Os detalhes de costura aparente e em diferentes cores, o ilhós amarelo solitário, o logo do The Hype BR em um dourado bem discreto, quase imperceptível faz com que a bota seja elegante e street ao mesmo tempo. São esses pequenos detalhes que nós homens amamos ter em nossas peças. Já falei algumas vezes dos meus “queridos” Paul Smith e Etro e essas pequenas perfeições que a dupla faz com detalhes que as vezes só nós que estamos usando sabemos que existe. Uma breve felicidade difícil de explicar… ah, as meias coloridas entram nessa lista também.

Queria agradecer aqui a atenção e o carinho!!! Long Live a colab e claro, como você sempre diz “God Bless” do seu chapa Genial.

Curiu? Então fica ligado no site da loja Kings clicando aqui.
Já os mineiros ganham algo a mais. Por ter nascido por lá, Lucas vai fazer o lançamento nesse sábado na BlackBoots, fiquem ligados!

VC_vicco-20072014_DSF7429 VC_vicco-20072014_DSF7431 VC_vicco-20072014_DSF7433 VC_vicco-20072014_DSF7434 VC_vicco-20072014_DSF7435 VC_vicco-20072014_DSF7436 VC_vicco-20072014_DSF7438 VC_vicco-20072014_DSF7441 VC_vicco-20072014_DSF7442

Esperando a próxima colab!

Fotos: @victorcollor

VC_vicco-16072014_DSF7412

Eu já tinha avisado aqui, e agora é de verdade, a Barbearia Corleone já está em pleno funcionamento.

Na semana passada, em plena segunda-feira, meu chapa Bruno Van Enck abriu as portas da Barbearia para chamar de sua localizada no meio da bagunça no Itaim, na Renato Paes de Barros 390 (em frente a delegacia).
Cheguei da minha temporada carioca na quarta e na quinta-feira me mandei pra lá para conhecer os serviços de corte, afinal a barba foi feita em uma pequena barbearia no Jardim Botânico no Rio de Janeiro.

Entrei na Corleone por volta das 4pm e dei de cara com um salão cheio, ocupado, cervejas saindo das chopeiras, entre elas da Munique, de fabricação própria da família de Bruno e aquele barulho de salão… zummmm da máquina passando nas laterais da cabeça, bate papo e uma mistura de blues, jazz e rock saindo das caixas de som.

Fui recebido por Bruno com a seguinte pergunta: “vamos tomar um chopinho?”. Como iria negar um convite para brindar o seu sonho recém realizado? Não pensei duas vezes e Bruno tirou pessoalmente um chope fresquinho de sua Munique e ficamos batendo papo por lá, explicando cada detalhe, os 450 rótulos de cerveja, a carta de vinhos, os charutos e claro, todos os serviços, clientes e histórias que já podem estampar um primeiro capítulo caso a barbearia ganhe um livro… e isso tudo se deu de segunda a quinta-feira. Ou seja, muita coisa legal vem por ai.

Volto a dizer aqui que hoje, marcas e estabelecimentos têm que proporcionar uma experiência, um lifestyle. Algo que faça a pessoa querer voltar/comprar, diferente do que vocês leram aqui sobre uma tal barbearia aqui em São Paulo, lembram?
Pois é isso que a Barbearia Corleone oferece além dos seus serviços que estão no “menu”. Cheguei por lá às 4pm como disse anteriormente e sabe que horas fui embora? Quase 7pm. É isso mesmo! Cheguei, tomei um chope com Bruno, ele me explicou tudo, conheci pessoas legais por lá, bate papo, comidinhas saindo da cozinha que logo mais será inaugurada, provei novos rótulos de cerveja, bati papo com os barbeiros e de uma certa forma, criei mais carinho pela Barbearia, afinal estava esperando há um bom tempo, sem falar das visitas de quando não havia quase nada por lá nas etapas de construção. Realmente é um sonho Bruno… Parabéns!

Voltando a “experiência Corleone”, Bruno se aproveitou de um nicho que vem crescendo por aqui e aprimorou alguns serviços que outras barbearias até então não ofereciam. Um espaço maior não só para fazer barba e cabelo. Ele foi além e colocou em um só lugar elementos da boa vida que todo homem gosta ou tem o prazer de levar. Barba, Cabelo, Bigode, whisky, charutos, cerveja e comida boa em um ambiente que abraça tudo isso sem apertos. Além disso tudo, falando dos serviços de grooming masculino, lá ele tem lavagem do cabelo em um espaço confortável, dá valor àquele momento de relaxar e aproveitar que falei na atual edição da L’Officiel Homme. Ou seja, quando a toalha é colocada no rosto, é respeitado um tempo maior, afinal é a parte mais gostosa de fazer o barbear na navalha, a “recepção” com um Chope geladinho nos copos comprados por Bruno em NYC e a valorização do tempo em geral. Nada é feito correndo por lá…quando você senta na cadeira, há um bate papo, o barbeiro conversa e tenta entender qual a sua ideia e não há pressa para finalizar e já “enfiar” um novo sujeito em umas das quatro cadeiras antigas reformadas que Bruno garimpou em sua intensa busca e imersão no mundo da “Barba, Cabelo e Bigode”.
Agregado a tudo isso, Bruno fechou parceria com a linha Expert Shave da Dove Men+Care que falei aqui, lembram? Então há diferentes espumas de barbear e claro o pré e o pós com produtos que minimizam as chances de encravar os pelos da sua preciosa barba. Legal né?

O ambiente tem ar de barbearias antigas com toques modernos como grafitis, iluminações e parte da mobília. Mas na minha opinião, as coisas mais legais são: as cadeiras de barbearia antigas, principalmente a primeira da direita com pegada 50′s e o “futurismo” que havia na época, o chão de ladrilho hidráulico xadrez e claro, a parede em tijolo como há muito pelas ruas de Nova Iorque com lâmpadas de filamento aparente estilo Edison. Genial!

Passe lá e você não vai se arrepender. Bruno está lá todos os dias, recebendo cada pessoa que passa pela porta com uma simpatia difícil de ver por ai, oferecendo seus serviços feitos com muito primor e atenção. Se gosta da boa e velha navalha e todo o lifestyle por trás disso, é um erro deixar de conhecer a Barbearia Corleone.

Serviço:
Barbearia Corleone
Rua Renato Paes de Barros, 390 (esquina com a Jesuíno Arruda)
Tel: 11 2538 8009
barbeariacorleone.com.br

VC_vicco-16072014_DSF7407   VC_vicco-16072014_DSF7416 VC_vicco-16072014_DSF7418 VC_vicco-16072014_DSF7420 VC_vicco-16072014_DSF7422

VC_vicco-16072014_DSF7405 VC_vicco-16072014_DSF7404 VC_vicco-16072014_DSF7403 VC_vicco-16072014_DSF7401 VC_vicco-16072014_DSF7400 VC_vicco-16072014_DSF7397 VC_vicco-16072014_DSF7395 VC_vicco-16072014_DSF7393 VC_vicco-16072014_DSF7391

VC_vicco-16072014_DSF7408

 

VC_vicco-16072014_DSF7410

Long Live Corleone!

Fotos: @victorcollor 

VC_vicco-02072014_65A3330-Edit

#schutzfall
@jusverner
Make: @nuriaariel

E muito se falou em ter a copa no Brasil, #vaitercopa, os desvios, a quantidade de estádios, FIFA, corrupção e todas essas coisas que fomos “presenteados” só por ter recebido o maior evento esportivo na nossa casa.
Mas esquecendo um pouco tudo isso, ou ao menos tentando, vale muito a pena assistir à montagem que a ESPN fez com 4 minutos mostrando os acontecimentos mais marcantes na Copa do Mundo do Brasil.

Tem Neymar, peixinho de Van Persie, Cristo, Rio, Mordidas, Alemanha merecidamente campeã do mundo, o adeus da Espanha, David Luiz e um monte de coisa divertida que vão ficar marcadas para a história do futebol.
Confesso que acompanhei a Copa de cabo a rabo e mesmo assim, esse vídeo me fez suspirar lembrando dos jogos das 32 seleções. Simplesmente genial, olha o resultado:

clipe-fifa-copa-do-mundo-brasil

Viva!

VC_vicco-18052014_DSF6911

Aproveitando o lançamento do video clipe de “All Around the World” do artista de gana e residente em Nova Iorque, Blitz The Ambassador, mostro aqua essa foto de streetstyle que fiz do Blitz na gravação do clipe rodado aqui em São Paulo.
Além dele, no vídeo tem Emicida e Kamau, mestres do movimento por aqui. Se liga que tem bastante coisa legal dos nossos rolês pela Vila Madalena e no centro de SP, além de takes dos protestos que rolaram, copa do mundo e bla bla…

Estamos ai pelo mundo.

Foto: @victorcollor 

unnamed

Boraaaa!!!!

Imagem: Reprodução