@victorcollor no Instagram


Mais um Axe Matte Effect Tour no ar, desta vez na capital espanhola mostrando pequenos detalhes que conheci ao longo de algumas viagens à Espanha.
Vocês já viram o #AxeMatteEffectTour do Rio de Janeiro e de Nova Iorque, lembram?

Todas as vezes que vou a Madri fico hospedado no charmoso bairro de Salamanca, próximo ao parque do Retiro que abraça o museu do Prado e em sua extremidade está a famosa estação de Atocha, ou seja, uma localização bem central, próximo de estações de Metrô e garanto aqui, corridas de taxi que dificilmente vão passar dos 12 euros, como para o Centro por exemplo.
Um detalhe que vale ser ressaltado são os horários na Espanha. Tudo por lá é mais tarde. O almoço em geral é por volta das 14h, alguns estabelecimentos fecham e só reabrem as 17h ficando abertos até as 21h. Enfim, fica ligado nessa peculiaridade que sinceramente acho ótima.

Levando em consideração o tempo seco que faz nessa região da Espanha, pela manhã, ainda com os cabelos levemente húmidos, passava a pomada Ultra Strong Structuring Fiber com pente para segurar as longas horas que estavam por vir. Minutos depois, o cabelo parece que está com gel, mas uma ou duas passadas de mão já dão o efeito leve e sem muito esforço que o produto te oferece.
Expliquei aqui já como uso esse produto e fiz exatamente igual por lá.

 

// 10:00h
Frutas Vazquez Jr.
Famosa por servir o Rei e a casa real, a frutaria tem preços mais caros quando comparados a mercados de bairro ou até mesmo os super mercados da cadeia El Corte Inglés. Isso se dá ao fato de ter frutas mais selecionadas, limpas e sempre com aquela cara de “quero comer agora”, sabe? Além disso, o bairro e todo o jeito como são expostas fazem com que o preço seja mais salgado. De qualquer forma vale a visita pela curiosidade em conhecer “os frutos” do Rei e claro, para começar o dia mais saudável. Compre as frutas e desca uma esquina, lá você vai encontrar um Café simpático… Peça o seu e se divirta com as frutas.
Na época das cerejas, as cestas que dão para a calçada ficam recheadas e com uma coloração bordeaux bem bonita.

Calle de Ayala, 11
+34 915 75 65 71
frutasvazquez-jr.com

VC-06102014_DSF8453

 

// 11:00h
El Kinze de Cuchilleros
Do bairro de Salamanca, pegue um taxi, metrô ou ônibus para o Centro.
Se não me engano, a barbearia que leva o número e o nome da rua, é a mais antiga na cidade. Aberta em 1900, foi passada de geração para geração e até hoje mantêm a tradição do homem bem barbeado na capital espanhola.
As cadeiras antigas continuam lá, assim como as paredes cheias de recordações desses longos anos de trabalho. Além disso, lâminas de barbear antigas enquadradas, antigos esterelizadores e telefones da época também continuam por lá, mas o que achei mais charmoso foi o chão de ladrilhos hidráulico bem coloridos.
Só aparei a barba como de costume e achei que faltou mais atenção na hora do barbear. Sequer me foi colocada uma toalha quente para abrir os poros da pele. Ao meu lado um senhor fazia a barba completa e ele sim, tinha uma toalha quente no rosto… acho que só assim para ter experiência completa.

Calle dos los Cuchilleros, 15
+34 913 66 58 87
peluqueriaybarberiaelkinze.es

VC-05102014_DSF8375 VC-05102014_DSF8378 VC-05102014_DSF8380 VC-05102014_DSF8384 VC-05102014_DSF8360 VC-05102014_DSF8362 VC-05102014_DSF8367

VC-05102014_DSF8365 VC-05102014_DSF8369VC-05102014_DSF8368 VC-05102014_DSF8372

 

// 12:15h
LOB O – Alpargatas
A Espanha é famosa não só pelo Jamón de Bellota, mas também por suas alpargatas, as originais.
Um calçado bem confortável e de verão é quem faz sucesso nos dias de calor por lá, e por que não nos dias de calor que estão por vir aqui no Brasil?
Tenho visto bastante marcas nacionais e internacionais apostando nos modelos com solados de corda e cabedal de lona. Ainda mais com essa onda de “gypset style”, parece que é o que vai fazer a cabeça – muito mais das meninas – nesse verão por aqui.
As grandes marcas sempre se utilizam de materiais, estampas e muitas outras coisas para dar base e sustentação às suas coleções… nesse caso aqui, “beba na fonte” de onde vem essa nova onda.

Calle de Toledo, 30
+34 913 664 017
calzadoslobo.com

VC-30012014_DSF4277VC-30012014_DSF4275VC-30012014_DSF4274

 

// 13:00h
Mercado de San Miguel
Com o amor pela gastronomia de vários turistas, antigos mercados estão sendo reformados e virando um ponto alto da boa comida, ainda mais quando colocamos em jogo a Espanha, culinária que mais cresceu nos últimos anos graças a Ferran Adrià e seu extinto El Bulli na Costa Brava da Catalunha.
O Mercado de San Miguel está recheado de opções muito boas para comer. Na Europa é fácil encontrar coisas boas para comer com muito mais facilidade do que aqui no Brasil… por exemplo, todo restaurante pequeno vai ter um bom azeite de oliva, um bom pão… se colocar numa balança, a média é sempre positiva no velho mundo, ainda mais quando falamos de Portugal, Espanha, França e Itália.
Dentro das várias opções, escolhi comer umas ostras do francês Daniel Sorlut. Com sotaque francês o simpático senhor que abria as ostras, atendia e servia me perguntou o que gostaria para beber. Pedi uma cerveja e tive uma negativa. Na sequência pedi então um vinho branco e tive mais uma negativa até que ele me ofereceu um Champagne, única bebida que ele serve por lá… nem água ele tem. Engraçado, não?
Na sequência pedi para ele fazer um mix de ostras da “casa” e me diverti com umas mais salgadas, outras mais doces, com mais “sabor de mar”, … enfim, todas essas derivações desse fruto do mar tão rico! Tudo muito fresco e o Champagne bem gelado servido em uma taça de vidro em meio a bagunça do mercadão… tudo isso de pé. Genial!

Se nunca comeu, aproveita para experimentar Percebes e Navajas, outros frutos do mar típicos da Espanha. A pesca de Percebes é considerada uma das mais perigosas no mundo devido a sua posição nas encostas de pedras no mar do Norte, ou seja, essa preciosidade tem preço mais alto do que os muitos outros frutos do mar em qualquer mercado.

Caso a fome aperte mais, aproveita para conhecer a Casa Lucio, um marco dentre os restaurantes da cidade. No início do ano quando estive em Madri fui lá conhecer e recomendo muito… clica aqui para ler o Conhecendo : Casa Lucio.

Plaza de San Miguel s/nro.
mercadodesanmiguel.es

VC-05102014_DSF8385 VC-05102014_DSF8388 VC-05102014_DSF8387 VC-05102014_DSF8389 VC-05102014_DSF8390 VC-05102014_DSF8392 VC-05102014_DSF8394 VC-05102014_DSF8395 VC-05102014_DSF8396 VC-05102014_DSF8398

 

// 14:30h
Rolê pelo Centro
Saia do Mercado e vá bater perna pela região mais antiga de Madrid. Aproveita para conhecer e Plaza Mayor e se perder pelas ruazinhas cheias de charme que essa zona te oferece.
Tome um cafezinho por ali e fique observado o movimento… acho isso demais. Tentar entender os costumes e os jeitos de cada povo, e até mesmo fazer uma caricatura sua com algum dos artistas que trabalham por lá. É uma coisa bem de turistão, mas é engraçado e depois vale para dar umas risadas quando chegar no Brasil.

VC-05102014_DSF8410 VC-05102014_DSF8400 VC-05102014_DSF8402

 

// 16:00h
Museu
Ir a Madri e não conhecer algum dos três museus mais famosos por lá, é um erro.

> Prado
O maior e mais imponente deles, tem pinturas fantásticas como O Jardim das Delícias Terrenas de Hieronymus Bosch e As Meninas de Velázques entre muitas outras. Se for para ver o museu inteiro, tire pelo menos um terço de um dia para a visita e se dedicar a ver obra por obra.
Paseo del Prado s/n.
+34 913 30 28 00
museodelprado.es

> Reina Sofia
Outro grande Museu e dentre eles, o que mais me encanta. Entre as obras estão a famosa Guernica de Picasso, o Mobile do Calder no pátio central e muitas outras de Salvador Dalí.
Calle de Santa Isabel, 52
+34 917 74 10 00
museoreinasofia.es


> Thyssen Bornemisza
Aproveite para ver o POP de Lichtenstein, Caravaggio, Degas, Van Gogh e Paul Klee.
Paseo del Prado, 8
+34 902 76 05 11
museothyssen.org

VC-07102014IMG_9588 VC-07102014IMG_9590

 

// 17:30h
Parque del Retiro
De qualquer um dos museus, vá a pé em direção ao bairro de Salamanca e opte pelo caminho por dentro do Parque del Retiro. Eu por exemplo na minha última caminhada peguei o pôr do sol por lá. Como estava com uma câmera pendurada no pescoço, me senti na pele de Thomas em Blow Up de Antonioni… em algum momento achava que ia presenciar uma cena como no filme.
Tirando a ilusão, o parque é lindo e cheio de gente que vai lá para ler um livro, fotografar, andar de caiaque, uma infinidade de atividades por um dos parques mais bonitos e charmosos de Madri.

Plaza de la Independencia, 7
+34 915 30 00 41
esmadrid.com

VC-06102014_DSF8459 VC-06102014_DSF8464


// 18:15h

NAÏF – Tin Tin
De volta a mesma rua da Frutaria Vazquez Jr. alguns quarteirões acima, há uma preciosidade quando falamos de uma paixão. Aos amantes de Tin Tin, essa senhora vende uma infinidade de artigos relacionado ao personagem de Hergé há mais de 10 anos. Genial, não?
Lá você vai encontrar todos os livros em diferentes línguas, brinquedos, miniaturas, vários tipos de Milu, o fiel cão de Tin Tin, séries limitadas e muitas outras coisas que com certeza irão encher os teus olhos.
Desde as minhas idas a Madri quando pequeno, achava isso genial, o fato de uma senhora ter uma loja que em sua maioria só vende artigos do detetive belga, mas como a “brincadeira” – literalmente, é cara, somente hoje é possível me divertir por lá.
Finalmente dou a dica aqui para os amantes das Aventuras de Tin Tin e se você realmente se encanta pela obra de Hergé, bata um papo com ela, mostre seu interesse, afinal ela se torna uma pessoa muito mais simpática se você se mostrar entendedor ou no mínimo um curioso.

Calle de Ayala, 27
575 26 45

VC-06102014_DSF8442VC-06102014_DSF8437VC-06102014_DSF8443 VC-06102014_DSF8444 VC-06102014_DSF8445 VC-06102014_DSF8446 VC-06102014_DSF8449 VC-06102014_DSF8450

 

// 19:00h
Mantequeria Bravo
Ainda na mesma rua, algumas quadras para baixo, bem próximo a Frutaria do Rei está a Mantiqueira Bravo, uma casa de especialidades quando falamos de jamón e todas essas coisas que enchem a nossos olhos.
Um mercado que vai te oferecer produtos de muito boa qualidade e muito frescos. Jamón por lá? Há uma infinidade, sem falar de Fuet, a tradicional linguicinha catalã, salsichón e claro, queijo Manchego, azeitonas gordas, enfim, tudo para comprar e levar pra casa.
Eles embalam qualquer produto a vácuo, então fica tranquilo se quiser sentir esse sabor na sua casa com mais frescor, entendeu?
A seleção de vinhos e azeites também é boa, além de outras diversões como foie gras, saís especiais, temperos e todas essas coisas que particularmente gosto e dou muito valor.

Calle de Ayala, 24
+34 915 75 80 72
bravo1931.com

VC-06102014_DSF8452 VC-07102014IMG_9607 VC-07102014IMG_9608 VC-07102014IMG_9610

 

// 21:30
La Trainera
Depois de uma belo banho e uma leve descansada, vá jantar em um dos lugares que considero mais legais de Madrid.
Não vá achando que é agito, badalado, … o Lá Trainera é um lugar clássico de Madri aonde você vai comer pescados muito bem em mesas de madeira sem jogo americano ou toalha e com aquela garçons que trabalham lá há mil anos, sabe? Ou seja, não tem tantas dessas frescuras. Um dos pontos que me faz amar ainda mais a cultura desse país tão rico!
A decoração é toda baseada em elementos naúticos com âncoras, leme e cordas, o que deixa a coisa mais descontraída e leve.
> Pulpo a la Galega banhado de azeite de oliva e paprika: extremamente macio e bem feito… vendo a foto vai dar para entender.
> Changurro en concha de vieira: boa e velha casquinha de carangueijo. Boa, mas não espetacular.
> Rodaballo a la Trainera: Sem sombras de dúvidas um dos peixes mais saborosos que já comi. Ele é feito só na chapa sem muitas invenções e o sabor é espetacular. Ele chega a mesa inteiro com sua pele crocante e é aberto por um dos simpáticos garçons na sua frente. Se for ao La Trainera e não comer o Rodaballo, considero um erro.

Calle de Lagasca, 60
+34 915 76 05 75
latrainera.es

VC-05102014_DSF8430 VC-05102014_DSF8434 VC-05102014_DSF8433 VC-05102014_DSF8431 VC-05102014_DSF8425 VC-05102014_DSF8424 VC-05102014_DSF8411 VC-29012014_DSF4187 VC-05102014_DSF8413 VC-05102014_DSF8414 VC-05102014_DSF8417 VC-05102014_DSF8419 VC-05102014_DSF8422

 

//23:30h
Bar Cock
Situado em um palacete francês na Calle de La Reina, esse é um dos bares mais legais que já fui devido a dois fatores: o lugar e obviamente, os drinks.
Considerado também um clássico de Madri e aberto desde 1921, o bar se mantém firme e forte ao longos da décadas. Inspirados nos bares ingleses da época, o lugar mantém colunas imponentes, chaminés e aquele longo bar aonde se avista o barman fazer drinks impecáveis.
Na época, o lugar era frequentado por poetas e intelectuais até que passaram por lá Sinatra, Ava Gardner, Audray Hepburn, se tornando um berço da boêmia da captal espanhola. Legal né?
Se você não sabe, a Espanha tem uma cultura de Gin muito grande e lá você vai tomar ele misturado a uma infinidade de elementos. Não tenho medo e se divirta nos sabores.
Ahhh…. só para constar, se eu um dia tiver um bar, esse bar vai ser inspirado no Bar Cock!

Calle de la Reina, 16
+34 915 32 28 26
barcock.com

VC-22012014IMG_2016 VC-22012014IMG_1994 VC-22012014IMG_2003 VC-22012014IMG_2014

 

Muito amor pela Espanha (e a Catalunha)…!!!

Fotos: @victorcollor 

Entre uma foto e outra para Schutz na semana passada, fiz essa foto de Tete Feder com o contraste dos olhos azuis com as unhas e boca vermelhas. Essa foto segue a mesma linha da foto que fiz de Paulinha Drumond e Palominha Christiansen que vocês viram aqui.

VC-20102014_65A7187-Edit

Olhos cristalinos…

Foto: @victorcollor

VC_-06092014_65A4784

Keep rolling!

Foto: @victorcollor

VC_-05092014_65A4283 VC_-05092014_65A4293 VC_-05092014_65A4297 VC_-05092014_65A4302 VC_-05092014_65A4303 VC_-05092014_65A4306 VC_-05092014_65A4319

Quadrinhos viraram Pernocas…

Foto: @victorcollor

Outro dia dando umas voltas pela rede assisti a esse curta metragem que saiu lá no final de Julho depois da Copa do Mundo, e mesmo assim, independente de timing, resolvi mostrar aqui.

Depois de assistir ao filme, chego a conclusão que homens serão sempre velhos meninos, ou como são chamados os antigos alunos que estudaram na escola que estudei na Suíça, Old Boys.

Entra moda, sai moda, tendências e todas esses termos que o mercado inventa para vender mais aqui e ali, homens sempre serão homens nesses pequenos detalhes. São justamente esses pequenos detalhes que fazem a diferença entre um homem e um cavalheiro, é para esse ponto que o vídeo aponta. Barco, elemento bem masculino quando colocamos em uma mesa vela, âncora, refletores. Alfaiataria sob medida, colete, sapatos, e por que não uma dança para deixar tudo mais leve e cheio de charme?

Volto a falar aqui sobre o lifestyle que as marcas têm que se inserir e não só ficar nos clássicos anúncios em revista. Lembram que falei disso aqui naquele comercial da Louis Vuitton de 2011?
O comercial é da Johnnie Walker para divulgar o seu Blue Label, mas veja como o produto e inserido de forma natural, simples e até mesmo faz você esquecer que está assistindo a uma propaganda.
O curta metragem é genial e nos faz viajar por esses lados do velho mundo e querer dar um mergulho no mar com esse calor que está fazendo aqui em SP, se liga!

blue-label 618

Boys with Toys…

Imagens: Reprodução

Lá em 2011 quando fui a Israel e Turquia me vi em um desses banheiros sei lá de onde e fiz essa série de fotos pegando a mistura do contraste com o verde… Além disso, quem está com a cêmare na mão, nunca tem foto própria, então resolvi fazer auto retrato, tudo isso muito antes da febre de selfies e Instagram, e também da barba. rs

As fotos estavam paradas por aqui e dando minha voltas em busca de fotografias de arquitetura nos meus arquivos, achei elas perdidas…

-14032011IMG_0937-2 -14032011IMG_0938-2 -14032011IMG_0939-2 -14032011IMG_0940-2 -14032011IMG_0941-2 -14032011IMG_0942-2 -14032011IMG_0943-2 -14032011IMG_0944-2 -14032011IMG_0945-2 -14032011IMG_0946-2 -14032011IMG_0947-2 -14032011IMG_0948-2

Dá até pra virar Gif

Fotos: @victorcollor

wilson-pickett-sugar-sugar-atlantic-4

Imagem: Reprodução