Uma galera já tinha me falado para conhecer a Barbearia 9 de Julho, mas como nunca faço a barba completa, deixei para fazer esses post quando fosse lá fazer o serviço completo, e como vocês viram aqui, tirei a minha barba depois de alguns anos sem passar a navalha no rosto para fazer a maquiagem de caveira para o Baile da Gala da Vogue.

Antes de sair do estúdio liguei lá para saber sobre horário e fui informado que eles não têm esse tipo de serviço e a coisa funciona conforme o povo vai chegando. Aproveitei o horário de almoço e cheguei lá por volta das 2h. A Barbearia, que já tem 5 endereçoes em São Paulo e está há 5 anos na labuta fica na Galeria Ouro Velho na Rua Augusta e vindo dos Jardins, fica um pouco abaixo da Paulista, ou seja, é perto de muita coisa e fácil.

Cheguei e a turma que fazia barba de alguns clientes me cumprimentou e perguntou meu nome. Respondi e um deles mandou esperar do lado de fora. Na mesma galeria tem a Compact Blue, loja de discos das boas comandada pelo gente fina Joel. Enquanto espera a barba, vai conversar com ele e sabe aquele disco que você sempre buscou e nunca encontrou? Talvez seja lá o lugar que você vai encontrar ou no máximo ele vai fazer o pedido e você pega alguns dias depois. Legal né? A não ser que o disco esteja fora de catálogo no Brasil e na Gringa… aí complica e não da para fazer mágica.
Voltando a barbearia, logo na entrada há uma placa para minimizar as perguntas dos desavisados: Barba R$30, Corte R$30, Máquina R$15 e Barba + Cabelo R$50. Simples assim. Já gostei quando vi!
Minha vez chegou e fui sentar na cadeira dos fundos – só há três cadeiras como antigamente- e fui atendido pelo Toni. Não sei se é o verdadeiro nome dele ou se é um apelido por se parecer um pouco Tony Montana, aka Scarface. Sujeito gente fina e tranquilo que curte bater papo com a clientela.
Ao entrar no lugar você já tem uma sensação de voltar no tempo com decoração dos anos 50, cadeiras de ferro e estofadão em couro, moveis em madeira escura e claro o bom e velho Rock da época que tem Elvis, Cash, Berry e toda a turma dos que hoje já são velhinhos ou não estão mais conosco.

Tinha aparado a barba com navalha em uma barbearia com a mesma pegada em Nova Iorque, mas tirar por completo foi a primeira vez. Sentei e Toni já veio com um produto para amaciar a pele e depois veio com a espuma quente – sim, quente. Achei demais! Com a espuma na cara veio a toalha também muito quente para abrir os poros e o pelo sair melhor. Depois disso, só navalha! Nas fotos fiz um passo a passo mostrando as etapas do processo que os caras fazem por lá e um pouco da decoração 50’s.

Lugar bom de ir para fazer a barba bem feita, dar risadas e por alguns minutos voltar ao tempo. Mas mesmo assim, com o espírito 50’s americano, o DNA paulista está lá dentro e há uma bandeira enorme do Estado pendurada no fundo do lugar. Ví aquilo e fiquei pensando como é difícil ver paulistanos fazerem isso, honrarem a sua bandeira desta forma… pensa bem!

Serviço:
Barbearia 9 de Julho
Rua Augusta, 1371 – Sala 5, Jardins
Tel: 11 3283.0170
barbearia9.com.br (tem loja no Itaim, Centro e Vila Mariana)

Tabela:
Barba: R$30        Corte: R$30
Máquina: R$15    Barba + Cabelo: R$50

Só aceita CASH!

Vale a pena ir e voltar muitas outras vezes.

Fotos: @victorcollor