Final de semana temos um verdadeiro caos nos cinemas aqui em São Paulo, então se conseguir ir durante a semana, vá que é muito melhor! Foi exatamente o que fui fazer na noite de segunda. Assisti ao novo filme de Woody Allen que entrou há pouco nos telões. Depois de rodar filmes patrocinados pelos governos de em Londres, Paris e Barcelona, desta vez a “escolhida” pelo diretor foi Roma com o filme “Para Roma com Amor”. O filme segue a mesma pegada dos anteriores, que mostra marcos das cidades inseridos na vida dos conturbados personagens, mas diferente do último, “Meia Noite em Paris”, este mostra menos as belezas da capital italiana.

Com 4 histórias paralelas que nuca se cruzam, o filme corre leve e com garantias de boas risadas. Um estudante de arquitetura que se apaixona por “Juno”, amiga de sua namorada; um casal italiano aparentemente perfeitinho do interior vai a Roma até que aparece a delicia da Penelope Cruz para bagunçar um pouco a vida do menino; Woody Allen volta a atuar na pele de um pai que tem sua filha prestes a casar com um filho de dono de funerária e cantor de musica clássica de chuveiro. E por último, a quarta história, que pra mim é mais engraçada delas. Um ser extremamente normal que do dia para noite se torna mega celebridade. Porque? Até hoje não sei e acredito que isso seja uma crítica as ascensões e quedas de sub celebridades pelo mundo.

O filme é muito leve, non sense e garantia de muitas e boas risadas. Vale a pena assistir no cinema e compartilhar essas boas gargalhadas em coro.

Mais um pra colecão…

Imagem: Reprodução
Foto c. Iphone 4: @victorcollor