VIC&CO COPYRIGHT 2019. ALL RIGHTS RESERVED.

De Rolê

24 Horas em Salvador

Created: 10 nov 2017  / Categories: De Rolê

Vocês acompanharam aqui as edições anteriores do Timing Perfeito, projeto criado pelo ótimo The Summer Hunter do Ricardo Moreno em parceria com a nova Gol, hoje sob comando de German Carmona. A ideia central? Não deixar você perder um minuto sequer. Um guia do que fazer em um único dia em diferentes cidades brasileiras, e quem sabe internacionais, hora a hora com dicas valiosas apresentadas em edições de vídeos afiadas e trilhas na mesma linha.

 

Aperta o play para ver a edição de Salvador e se você deixou de ver o de São Paulo e Rio, clica aqui.

 

Fotos: Reprodução


24 Horas no Rio

Created: 21 set 2017  / Categories: De Rolê

Ahhh o Rio de Janeiro! Independente da situação que ele se encontra hoje, quem nunca teve uma história, uma lembrança ou a imensa vontade de conhecer uma das cidades mais bonitas do mundo?

 

A nova Gol sob comando de German Carmona se juntou mais uma vez ao ótimo The Summer Hunter de Ricardo Moreno para fazer mais um Timing Perfeito, vídeo que mostra coisas muito legais para se fazer em um só dia com o intuito de não deixar você perder seu precioso tempo caso tenha que ficar na Cidade Maravilhosa entre um voo e outro.

 

Confesso que havia muita coisa que ainda não conhecia e com certeza ficarei de olho na próxima visita.

 

O primeiro vídeo foi sobre São Paulo... chegaram a ver?

 

Viva o Rio!


24 Horas em SP

Created: 16 ago 2017  / Categories: De Rolê

Junto com o quantidade de novidades que a nova GOL tem apresentado sob o novo comando de German Carmona, entre elas está o projeto Timing Perfeito que tem como ideia central informar o que fazer em determinadas cidades e não perder o seu precioso tempo. Aquela velha história doas boas dicas que ainda estão longe dos guias convencionais.

 

O projeto tem início em São Paulo e cidades como Rio de Janeiro e Recife já estão na mira de Ricardo Moreno do The Summer Hunter, que assina o projeto junto com a GOL.

O TSH é um site que busca traduzir tendências globais de comportamento por meio de experiências e conteúdo original, que são a cara de uma vida solar, on e off line, de modo a inspirar pessoas e marcas. Posso dizer que o resultado do bom gosto está traduzido nesse primeiro vídeo, aperta o play!

 


Passaporte para Aventura

Created: 18 jul 2017  / Categories: De Rolê

Aventura, desejo de explorar o desconhecido, chegar em lugares que outros nunca chegaram. Essas são apenas algumas das vontades de quem um dia já pensou em ter um Land Rover e faz da marca, um ícone da indústria automobilística.

 

A história conta que após o sucesso do Jeep durante a segunda guerra mundial, os irmãos Wilks da Rover Motor Company começaram a pensar sobre um projeto que entraria para a história.

Apaixonado pelo seu modelo Jeep, um dos irmãos logo entendeu que as peças se tornariam algo difícil de encontrar na Inglaterra, visto que o Jeep é americano.

Com o fim da guerra veio a ideia e a pergunta: por que não fazer um modelo próprio com as mesma características do Jeep? Fácil manutenção, funcional no campo e na cidade, durável e responsável por alguns dos inúmeros avanços da época quando a ideia de comércio passa a ser ligada diretamente ao tempo.

 

A história da Rover Motor Company começa a tomar um rumo diferente quando em 1948 apresenta o Land Rover no Amsterdam Motor Show. Um sucesso e cenas para você assistir no documentário abaixo do National Geographic que conta toda a história por trás de uma das marcas mais conhecidas no mundo e também um dos modelos mais fabricados da história.

 

Se você, assim como eu, se interessou por modelos antigos da marca, a Land Rover decidiu preservar a sua história de uma maneira bem interessante. O ano 2015 marcou o fim da linha de produção com o modelo final assinado pelo estilista inglês Pual Smith que vocês viram aqui, com isso a empresa passou a garimpar modelos que datam 1948 e criaram o projeto Reborn, com o intuito de restaurar os modelos icônicos dos primeiros Defender – se é assim que podemos chama-lo, e vender para nós entusiastas. Só resta saber o preço que não deverá ser nada convidativo. Mas confesso que um carro restaurado seguindo as especificações originais da divisão Land Rover Classic como o abaixo, com certeza valerá cada centavo.


60 anos de Speedmaster

Created: 04 maio 2017  / Categories: De Rolê

Pensando na velocidade do mercado em que vivemos, um produto completar 60 anos com poucas alterações desde seu projeto inicial é realmente algo notável. Esse é o caso do relógio Speedmaster da OMEGA. Fazendo uma comparação divertida e sem muita lógica com a indústria automobilística, um exemplo de sucesso é o Fusca da VW que teve seu projeto criado por Ferdinand Porsche antes da segunda grande guerra e perdurou até 1996 quando o último modelo fora produzido no México.

 

O Speedmaster foi lançado em 1957 incialmente como um relógio de esportes e de corrida até um fato que logo transformou e redirecionou a sua história. Foi em 1969 que a bordo do Apollo 11, Neil Armstrong e Buzz Aldrin pisaram na Lua com Aldrin usando o icônico cronógrafo que por sua vez, se tornou o relógio da lua, o chamado de #MoonWatch.

 

Na última quarta-feira, 26 de maio, a OMEGA celebrou o aniversário de 60 anos do cronógrafo que se não o mais, um dos modelos mais icônicos do mercado de relógios. Eu tive a honra de estar presente ao lado da marca nos três dias de acontecimentos em Londres que vocês puderam acompanhar no @victorcollor e no #viccolondon.

 

Sem dúvida esse será um dia difícil de esquecer. A manhã foi tomada por uma série de conversas com pessoas chaves da marca no RIBA – Royal Institute of Britsh Architects.

O primeiro a falar? O divertido, excêntrico e fanfarrão Buzz Aldrin contando curiosidades, passando foto a foto em um projetor e contando as histórias por trás de cada uma delas e as curiosidades de um homem que pisou na lua e que segundo ele, fez a primeira selfie no espaço. Se já tem muita gente que “vira a chavinha” no planeta Terra, agora imagina pisar na lua e ver o tal planeta flutuando no meio do nada? Acredito que deve ser difícil voltar à vida normal após essa experiência.

O papo seguinte foi com James Ragan e Petros Protopapas, responsável pelos testes dos instrumentos da NASA na época do Apollo 11 e o diretor do Omega Museum respectivamente. Ambos contaram inúmeras histórias e curiosidades sobre a forma como o cronógrafo foi testado em situações extremas para que pudesse ser um instrumento de reserva caso houvessem falhas no sistema da espaçonave. A última conversa foi com Jean-Claude Monachon, VP de produtos da marca, apresentando os novos lançamentos do Speedmaster da última BaselWorld. O ponto alto desse encontro foi ver de perto a edição comemorativa de 60 anos, exatamente como fora lançado em 1957, no pulso de Jean-Claude. Clica aqui para ver o modelo.

 

Por fim, o jantar com a presença de Aldrin e o rosto da marca há quase 15 anos, George Clooney. O evento de comemoração aconteceu no TATE Modern e foi recheado de experiências que, como disse acima, vão ser difíceis de esquecer. A ideia do jantar era transportar os 350 convidados da marca para uma nave espacial como estivessem jantando no espaço. Na entrada, um batalhão de homens vestidos de astronauta recebiam os convidados no pôr do sol. Ao entrar no museu, uma escuridão deixava nítido o logo da marca iluminado no “fim do túnel”. Por fim, um jogo de luzes recebia os convidados no salão principal com uma mesa mostrando todos os modelos do Speedmaster lançados até hoje. O que mais me impressionou foram todos os detalhes. Desde o espaço que parecia uma nave espacial com as mesas na diagonal levando a um pequeno palco onde Clooney e Aldrin se juntaram a Raynald Aeschlimann, presidente e CEO da OMEGA, as embalagens plásticas dos coquetéis com canudos em metal, a montagem dos pratos que remetiam o espaço e a lua, os talheres embalados à vácuo, as roupas dos garçons, ...

Definitivamente uma experiência difícil de esquecer e extremamente prazerosa de lembrar.

 

Queria deixar aqui o meu agradecimento a OMEGA, ao Rodrigo Ortiz, Brand Manager da marca no Brasil e a MKT MIX que fizeram tudo isso acontecer. Uma honra estar ao lado de vocês.

 

 

Aperta o play!


Ache a sua Mágica

Created: 24 fev 2017  / Categories: De Rolê

Sem dúvida o inverno no ano passado durou quase o ano inteiro. Abrimos a Cozinha 212 no dia 3 de Maio e esse foi o primeiro dia do ano que deu uma bela esfriada. As baixas temperaturas perduraram até dezembro e digo isso pois fiquei trabalhando em manutenções no restaurante até o último dia 30 do ano para então curtir minhas férias.

 

Nesse longo inverno, houve um dia que fiz um rolê com o Neg Black, menino iluminado do Rio que entre inúmeras qualidades, é ator e cantor no animado grupo Melanina Carioca. A ideia veio de AXE, um velho conhecido de vocês por aqui, que nos acompanha há mais de três anos nessa bela caminhada recheada de histórias para contar que vai desde o show de Justin Timberlake em Nova Iorque, os Tours por Berlin, São Paulo, Rio, Nova Iorque e Madrid que vocês viram aqui e claro, toda a bagunça no Lollapalooza. Que honra!

 

A ideia era envolver e mostrar ao Neg alguns dos lugares que tenho prazer de frequentar aqui em São Paulo… um rolê por esse universo de velharias, carros antigos, fotografia, barbearias e claro, a boa mesa!

Entre alguns dos lugares que visitamos estão a Barbearia Corleone de Bruno Van Enck que não para de crescer, a loja de carros antigos Universo Marx do mais que dedicado Mauricio Marx, a ida a loja de objetos e joias masculina Liberty Art Brothers dos irmãos Ale e Rafa Lazzini em Pinheiros e para fechar com chave de ouro, a ideia de como cozinhar um belo polvo a lenha na nossa Cozinha 212.

 

 

Se liga no vídeo!

 

Para ficar por dentro de tudo de Axe no Brasil, acompanhe a #FindYourMagic, #AxeBR e claro na conta @axe.br.


Alceu Valença @ Baretto

Created: 15 dez 2016  / Categories: De Rolê

Ontem tive o prazer de assistir ao show de Alceu Valença no Baretto. Para se ter ideia, os shows no bar do hotel Fasano aqui em São Paulo podem ser considerados os mais intimistas... é quase como se estivéssemos em uma sala de estar ao lado do artista.

O show faz parte do calendário que Bulleit, o novo Bourbon da DIAGEO, fez em parceria com o Fasano e a Casa de Francisca. Já rolou Emicida tocando samba, Fafá de Belém com sua voz inconfundível ao lado do Combo Cordeiro com sua guitarrada e ontem foi a última apresentação do ano com o eterno Alceu Valença.

 

No alto dos seus 70 anos, imaginei que Alceu faria um show mais seco, entrando para tocar e indo embora após o bis com mais ou menos 1 hora de duração. Me enganei! Tudo começa com Marcelo Pretto do Barbatuques fazendo sons corporais e após 30 minutos entra Alceu para tocar sozinho com seu violão pelas próximas 2 horas com uma energia de menino. Por ter sido a segunda apresentação – houve a primeira na terça-feira, o artista estava mais solto e afirmando que não seguiria nenhum roteiro e ordem de músicas, bis, etc. – cabra arretado! Posso dizer que foi um dos shows mais intimistas que já tive a oportunidade de assistir. Não estaria mentindo se afirmasse que 30% ou mais da apresentação foi de bate papo, histórias sobre as músicas que viriam a ser tocadas, curiosidades da sua infância no nordeste, ... tudo isso regado a muita gargalhada, tanto dele como da pequena plateia de mais ou menos 70 pessoas.

 

Lembro da minha infância quando Alceu tocou em uma festa de amigos de meus pais. Com certeza era muito pequeno para lembrar de tanta coisa, mas a experiência de ontem me fez voltar ao passado, lembrar da família, do amor do nordeste, da infância mais solta em comparação a vida por esses lados, do meu amado e sempre lembrado pai e a minha necessidade de voltar mais às origens.

 

Agradeço aqui o carinho de toda a turma que fez isso acontecer, em especial a Bulleit. Como é bom estar juntos de marcas que fazem sentido para a sua vida e são capazes de causar experiências tão verdadeiras como essa. Saúde!

Para saber de tudo que rolou até agora, se liga na #freeyourbulleit.

 

 


Wedding in Rio

Created: 29 nov 2016  / Categories: De Rolê

Um fim de semana para ser lembrado na Cidade Maravilhosa. Mais precisamente no alto de Santa Teresa, uma das regiões mais bonitas do Rio de Janeiro. Foi lá o casamento de Antonio e Simone em uma cerimônia no pôr do sol somente com familiares e os amigos mais chegados... do jeito que tem que ser.

 

Em seu discurso, Tia Lilibeth disse que Antonio seria seu sexto filho. Portanto posso me considerar primo de Ton Ton!

 

Um salve a Mr. & Mrs. Junqueira!

 


Paraíso Quatro Rodas

Created: 22 nov 2016  / Categories: De Rolê

victor

Top