@victorcollor no Instagram


Artigos da categoria: > Moda

Na semana passada com todo zun zun zun de Fashion Week aqui em São Paulo, Oscar Metsavaht apresentou o conceito e parte das peças da nova coleção em seu Showroom nos Jardins, vizinho ao restaurante Brasil a Gosto da Ana Luiza Trajano que ainda devo uma visita para falar pra vocês na série Conhecendo.
Uma forma mais leve, gostosa e de melhor entendimento, afinal através de algumas fotos e vídeos e sua palavras, o conceito era mais bem exemplificado para as poucas pessoas que lá estavam.

O conceito? Inhotim… isso j√° diz bastante coisa.
Oskar e sua equipe foram ao instituto de arte no interior de Minas Gerais como uma imers√£o na mistura de formas geom√©tricas, arquitetura e claro, natureza. Se n√£o me engano, ele e sua equipe passaram 6 dias, trabalhando non stop fazendo algo que me deixou com vontade de ter participado. Oskar levou costureiras para colocar em pr√°tica as cria√ß√Ķes, m√ļsicos para criar suas trilhas de filmes e campanhas, modelos para as fotos e claro, ele como criador do conceito, fotografando e filmando tudo em 16mm (sim, filmando em pel√≠cula). Agora imagina toda essa equipe trabalhando “tudo junto ao mesmo tempo agora”, pois no bate papo que tive com Oskar, ele disse que era assim, enquanto uma costurava o outro tocava, ele fotografava, a modelo pousava… Genial, n√£o?

Ainda no bate papo, meus olhos cresceram e me perguntei o qu√£o legal era esse momento de cria√ß√£o de uma equipe. Segundo Oskar, o lugar √© muito prop√≠cio, com jardins e arquitetura modernas inseridas de forma original. Ele ainda me disse que passou um ou dois dias em que o instituto estava fechado ao p√ļblico… ou seja, s√≥ ele e sua equipe sem absolutamente ningu√©m para atrapalhar o processo criativo.

Como a arte √© passada para a cole√ß√£o? imagens e texturas florais das imagens dos jardins do instituto estampam as pe√ßas com varia√ß√Ķes de branco com tecidos desenvolvidos pela Osklen em algod√£o org√Ęnico, com cortes bem feitos e valorizando a silhueta feminina.
Vocês devem estar se perguntando sobre a coleção masculina, certo? Infelizmente ainda não foram apresentadas, mas sim, a coleção conta com peças com essa pegada para nós homens, e se não me engano, sai em Setembro com toda a coleção. Aguardamos ansiosos!

Eu:
Oscar, deve ter sido demais voc√™ ter ficado esses dias por l√°, ein? E sei que voc√™ n√£o se junta de gente ruim, ent√£o…

Oskar:
Pois é, a minha banda é boa!

Eu:
Eu sei bem! Seria uma OM Lonely Harts Club Band… ; )

Genial!

Foto: @victorcollor

Que sou f√£ de Vans, voc√™s n√£o t√™m d√ļvida, e com esse novo modelo o amor cresce ainda mais.

A primavera vem chegando com o ver√£o na sequ√™ncia e os caras da Vans California lan√ßaram essa linha que achei demais. Os dois modelos, Old School e o Authentic ganharam estampas florais chamado “Floral Camo” que Mistura de camur√ßa com o tecido floral e a troca do cadar√ßo s√£o os pontos altos do novo modelo.

Dá pra brincar usando jeans com pouca lavagem e peças mais sóbrias na parte de cima, afinal a estampa é floral e tem que ter cuidado para não ficar parecendo uma arara (de roupa mesmo e não a ave). Dá pra se divertir!

J√° est√£o a venda nos Estados Unidos e resta saber se a Vans Brasil ir√° trazer os pequenos not√°veis e quanto ir√£o custar por aqui…

Para ficar ligado nos lançamentos mais legais de cultura street e todas essas coisas que nós aqui no VICCO nos divertimos também, acessa o THE HYPE BR, site impecável comandado pelo talentoso Lucas Penido.

Fresh Fresh!

Fotos: Reproduc√£o

 

Na semana passada soltei um link na fan page do VICCO no facebook com fotos de caras muito bem vestidos no Congo e na sequência, o meu querido carioca sangue bom Ciro Lupo me mandou esse documentário com produção da cervejaria Guinness mostrando um pouco da vida dos Sapeurs.

Quem são eles? Os Sapeurs é: A Sociedade de pessoas elegantes do Congo. Genial não?

No document√°rio √© mostrado parte do dia a dia dos que fazem parte do grupo, com roupas super coloridas e o lifestyle que eles vivem no Congo. Tudo muito original e visto de forma positiva, afinal segundo as entrevistas do doc, suas vidas n√£o s√£o definidas por cargo ou sucesso, mas sim por respeito em um pa√≠s como o Congo. Segundo os Sapeurs, na vida voc√™ n√£o pode sempre escolher as circunst√Ęncias, mas voc√™ pode sempre¬†escolher quem voc√™ √©… Clap Clap Clap!

Com guerras e hist√≥rias de trag√©dias recentes – a √ļltima guerra do Congo teve in√≠cio em 1998 e acabou em 2003 – tiro o chap√©u para essas pessoas que sempre enxergam coisas boas nas pequenas coisas, e buscam dar risadas com um coisa t√£o simples como uma pe√ßa do guarda-roupa cl√°ssico masculino independente das suas condi√ß√Ķes. Cheers Sapeurs!

Olha o v√≠deo e presta aten√ß√£o nos m√≠nimos detalhes de roupas, tecidos, sapatos, camisas, gravatas, abotoaduras, … enfim, presta aten√ß√£o em tudo:

 

Clica AQUI para ver o vídeo (assista em full screen).

 

Isso serve pra voc√™ que acha que necessariamente eleg√Ęncia est√° ligado ao seu dinheiro.

Imagens: Reprodução

E na √ļltima vez que estive em Nova Iorque tive o prazer de ter contato e comprar uma publica√ß√£o Man Of The World.
Nos papos com Max Poglia, que tem feito bastante coisa em couro muito legal por l√°, ele disse que eu tinha que conhecer a publica√ß√£o, que segundo ele, como dizem os ga√ļchos, √© “muito f***”.

Dito e feito! A publica√ß√£o tem todas essas coisas que n√≥s homens gostamos e apreciamos, nem que seja s√≥ para ver nos outros, sabe? Nas p√°ginas temos Rolex antigos, Aston Martin DB5, David Gandy em um editorial nas montanhas, arte, cultura, mat√©ria sobre a hist√≥ria da Levi’s, e mais um monte de coisa interessante. Ou seja, j√° de passagem, temos rel√≥gios antigos, carros muito legais, moda bem executada e curiosidades que nos agrada. Curtiu? Seria esse o sucesso de James Bond para n√≥s homens?

Segundo Alan Maleh, publisher da MOTW, a publica√ß√£o surgiu com a sua frustra√ß√£o dos conte√ļdos das publica√ß√Ķes masculinas em geral com dicas de A a Z, mostrando o melhor e o pior e sempre apresentando esse contraponto. √Č democr√°tico mostrar os dois lados? Sim, mas para quem ele est√° falando? Sendo assim a publica√ß√£o tem conte√ļdo para o que Alan chama, os Homens do Mundo, sendo uma revista de 100% de nicho.

Quem s√£o eles? Homens que se importam com estilo, com a apar√™ncia, o len√ßo que est√° usando no bolso, √≥culos, barba, e todos esses pequenos detalhes que sempre falo aqui, que n√≥s homens podemos nos divertir no guarda-roupa masculino. Um restaurante muito legal no mercado de Bangkok, um Dry Martini em um bar de jazz em Londres, … Suas palavras s√£o “n√£o quero um restaurantes para adolescentes, muito menos para o senhor mais velho ou at√© o homem de fam√≠lia. O que eu quero √© um lugar para um cara que vai viajar que quer boa comida em um lugar com boa atmosfera”. √Č aquela velha hist√≥ria de estar no lugar certo, na hora certa. Um pouco pretensioso, mas da para entender o contexto que o editor que mostrar.

Uma boa explica√ß√£o do que √© ser um Homem do Mundo que ele fez e que me identifiquei √©: H√° uma grande diferen√ßa entre a Madison Avenue e os mercados de pulgas, e √© exatamente entre os dois que eu quero estar.” Genial!

O que a revista quer mostrar sobre o que √© o “Homem do Mundo” √© baseado em estilo e a refer√™ncia dos anos 60 e 70 com figur√Ķes como Steve McQueen, Paul Newman, Robert Redford e Al Pacino. Refer√™ncias geniais para n√≥s homens termos em mente.
Não me venha com essa história que o homem tem que ser feliz, ter bom caráter, fazer o bem, etc. Sim, isso na minha ideia faz parte do que é ser um Man Of The World, mas a publicação só quer mostrar/falar de estilo. OK?

Com isso, al√©m de moda, estilo, rel√≥gios e todas essas coisas t√£o legais, no site da publica√ß√£o, ainda h√° um e-comerce em que voc√™ pode comprar Rolex vintages, Ferraris, Porsches, objetos de decora√ß√£o, cinzeiros antigos… enfim, tudo com a curadoria com o que Alan Maleh considera ser objetos de desejo para o Homem do Mundo nos dias de hoje.

Se liga no site dos caras AQUI e no instagram deles que vale muito a pena, ou até mesmo segue eles no twitter.
Além disso, tem um vídeo que AdWeek fez entrevistando Alan que vale a pena ver de perto.

Entrevista AQUI:

Fica de olho!

Imagens: Reprodução

 

Depois de ter anunciado parceria com Kanye West, a marca das três listras anunciou hoje uma parceria que promete agradar a todos. Pharrell Williams é o novo artista a participar do desenvolvimento de produtos com a alemã Adidas. Os detalhes ainda são limitados em relação a produtos, datas e países de lançamento. Qualquer novidade, contaremos aqui no site!


Lose yourself to dance!

Imagens: reprodução
Por: Thiago Gil (instagram: @thiagobg)

 

E falando em sapatos, tem algum tempo que venho prestando aten√ß√£o nessa marca brasileira de sapatos. Aqui na Am√©rica do Sul, o Brasil tem pouca fama nesse ramo quando comparado √† Argentina e Uruguai, mas ao que parece se depender dessa turma, a coisa come√ßa a mudar… afinal por que n√≥s que fazemos fronteira com esses dois pa√≠ses n√£o podemos fazer bem os nossos tamb√©m… N√£o √©?

A marca Louie S√£o Paulo tem aparecido cada vez mais, al√©m do produto que parece ser de qualidade muito boa e de suas a√ß√Ķes em facebook, instagram e atrav√©s da comunica√ß√£o visual no site e no e-comerce, √ļnico “ponto de venda” dos caras. Inclusive foi pelo instagram que conheci a marca quando postei uma foto do Brogue que tenho da LeLis, Noir que voc√™s viram aqui, e algu√©m comentou na foto perguntando se eu j√° conhecia a Louie. Boa!!!

Batendo o olho no site da marca, j√° gostei do posicionamento: “o compromisso da LOUIE √© proporcionar conforto e eleg√Ęncia em pe√ßas que se destacam pela mat√©ria-prima e acabamento feito √† m√£o por cuidadosos artes√£os”. Legal n√©?

Falei hoje sobre os Brogues da Cole Haan e da Noir, Le Lis e esses daqui me chamaram atenção. Eles têm as linhas casual e social, em que na casual tem os sapatos com cabedal clássico e sola  de borracha, que proporciona mais conforto e tem também os tradicionais sapatos com sola em couro para o dia a dia mais social para quem trabalha em escritório mais formal ou simplesmente curte o estilo, como eu.

Achei o vídeo que mostra a produção artesanal dos caras em Franca de qualidade muito boa e que te deixa com vontade de tocar e experimentar o produto. Clica AQUI para ver o vídeo que vale muito a pena.

Fica ligado nos canais dos cars no facebook, instagram e no site e no e-comerce para mais informa√ß√Ķes e pre√ßos (sim, s√£o bons!), al√©m de dicas muito importantes de como deixar seu sapato sempre bonitinho, limpo e brilhante, afinal n√£o estamos falando de t√™nis e sim de couro!

 

Nós homens agradecemos o surgimento e crescimento dessas marcas por aqui. Obrigado Louie!

Fotos: Reprodução

Mais um click do boa gente e telentoso Hick Duarte que estava acompanhando a turma de Axe Matte Effect em Nova Iorque… Lembra do que falei aqui, certo?

Pois √©, desde a minha √ļltima temporada em NYC comecei a me divertir e abrir o leque de sapatos, afinal voc√™s bem sabem que eu andava pra cima e pra baixa com o bom e velho Vans Old School… de rol√™s de skate aos bailes da Vogue, sempre conseguia encaixar o cl√°ssico t√™nis da linha branca lateral de forma cool e sem parecer bagun√ßado. Mas aos poucos a gente vai se divertindo e como disse acima, ¬†abrindo o leque de possibilidades no guarda-roupa masculino.

Comprei meu primeiro sapato Brogue na Cole Haan, que tamb√©m j√° falei aqui, e ai a coisa n√£o parou. Na sequ√™ncia ganhei um dos queridos da Noir, Le Lis que √© esse que est√° na foto. Na Cole Haan comprei alguns cadar√ßos coloridos para me divertir e aproveitei para mudar o original marrom por esse roxo. A combina√ß√£o de roxo com marrom √© bem v√°lida e aqui me diverti mais ainda com meias vermelhas. Os sapatos ainda est√£o a venda no site da Noir… olha aqui.

N√£o tenha medo e brinque com essas cores, afinal s√£o poucas as possibilidades do cl√°ssico guarda-roupa masculino.

Tudo n√£o passa de divers√£o, lembre-se sempre disso e n√£o se leve tanto a s√©rio…

Foto: @hickduarte