@victorcollor no Instagram

Sorry, an error occoured while trying to get your instagr.am ID! Please try another instagr.am url.
Artigos da categoria: PRATELEIRA

O bom é que aqui no VICCO, tudo acaba se tornando história pra contar e passar adiante para quando sentarmos em uma mesa de bar e falarmos de diversos assuntos com os amigos, que vão desde homens elegantes, carros, mulheres, viagens, ícones… enfim, tudo vira história.

bullitt-movie-poster-dvd-525x393

Já havia assistido a trechos, mas nunca ao filme completo. Finalmente, depois de anos vendo esses pequenos trechos, assisti à famosa perseguição de carro com Seteve McQueen a bordo do seu FORD Mustang GT voando pela ruas de São Francisco em Bullit de 1968.
O roteiro do filme não é lá essas coisas, como vimos em Thomas Crown, também com McQueen, lembram? Esse aqui é aquela coisa: assistir para ver McQueen e tal perseguição nos últimos minutos do longa. A história não é lá grandes coisas, o filme é lento quase parando e se passa quase todo dentro de um hospital… ou seja, em suma o filme é bobo mas temos McQueen, o King Of Cool na perseguição mais famosa do cinema com ele mesmo dirigindo, sem dublês – e isso que é demais e dá mais corpo ao filme. Tudo pelo contexto histórico e não pelo amor à sétima arte.
De qualquer forma, não recomendo assistir a Thomas Crown e Bullitt na sequência, pois em um McQueen é um bandido que você fica na dúvida se acha aquilo tudo legal ou não, e no outro ele é só um policial. Portanto se tiver uma ordem, assista Bullitt primeiro e depois Crown. OK?

Vale ficar de olhos em alguns detalhes. O Mustang GT obviamente que inclusive ganhou edição comemorativa da FORD quando fez 40 anos em 2008 – e deve valer uma nota! É claro que a edição verde musgo ganhou miniaturas também caras como a da AutoArt.
O Porsche 356 amarelo em que McQueen é resgatado é puro charme e claro, algumas peças de roupa como o trench coat e mistura de paletó com gola rolê (ou olímpica) usada na época. Falando na tal gola olímpica e o porta armas que McQueen usa na foto do cartaz do filme, bate o olho agora e faz a comparação com a vestimenta usada por Daniel Craig como James Bond no cartaz para divulgar o próximo filme, S.P.E.C.T.R.E que vocês viram aqui. Faz sentido? Tudo é referência… nada se cria, tudo se transforma, não é mesmo?

 

gateway-bullitt-5

34ryh77 bullittstillab13

Copy_of_Bullitt3

GPL926_3 frank-bullitt

011 ED-AM947_bullit_G_20110125180204 Warner-Brothers-Pictures-bullit-steve-mcqueen-ford-mustang_0-100_1 7f738d7e3b05f1fe287c6fc2270e534c 27cb01dae2c890fed774fd3f4c500c36

O cartaz original já é demais, mas achei outros tão legais quanto como esses verdes que precisam de poucas palavras para deixar claro do que se trata. Além disso, separei algumas fotos da miniatura da AutoArt que ví para vender no Mercado Livre aqui no Brasil… o preço? Caro, se liga aqui:

bullitt-poster-irina-marchno214-my-bullitt-minimal-movie-poster

AAT72813

71ad95ed79abbb9d3fc8c7ac68354ed5

aa72813

Pequenos detalhes que fazem de um filme bobo, um clássico.

Fotos: Reprodução

Aos amantes de David Bowie como eu, prepara o coração que vem coisa boa. Ontem foi anunciado o lançamento de Five Years 1969-1973 que será lançado no dia 25 de Setembro.

Trata-se de dois BOX que simplesmente vão te dar: 10 álbuns: 12 Box de CD, 13 discos de vinil em 180g e código para você baixar as versões digitais dessas músicas que saíram durante os tais cinco anos. Todos os formatos incluem várias trilhas que nunca foram lançadas e algumas remasterizações.
Para quem acha que a gravadora e o próprio David Bowie só estão fazendo isso para ganhar um trocado na data comemorativa, o BOX ainda inclui um compilado duplo intitulado Re:Call 1 recheado de singles, músicas que não foram gravadas em nenhum dos discos e algumas “Lado B”.

Para deixar tudo ainda mais gostoso o BOX te surpreende e vem com o clássico “The Rise And Fall of Ziggy Stardust & The Spiders From Mars” de 1972 remixado em stereo pelo co-produtor do álbum Ken Scott, que já havia soltado a versão em DVD e em LP quando o disco completou 40 anos em lá em 2012.

Portanto fiquem ligados no dia 25 de Setembro para ter o seu CD ou Vinil BOX, que conta com um livro de 128 e 84 páginas respectivamente, com fotos inéditas, notas técnicas de cada álbum e otras cositas más.


6 Studio Albums:
David Bowie (Space Oddity)
The Man Who Sold The World
Hunky Dory
The Rise And Fall Of Ziggy Stardust And The Spiders From Mars
Aladdin Sane
PinUps

2 Álbuns Ao Vivo:
Live Santa Monica ‘72
Ziggy Stardust: The Motion Picture Soundtrack

Exclusivo nos Box:
The Rise and Fall Of Ziggy Stardust And The Spiders From Mars (2003 Ken Scott mix)
Re:Call 1 (disco duplo)
Pra ficar por dentro de tudo que rola na vida de um dos caras mais legais do show biz, se liga no site dele aqui.

era_box1_5years_cover_1000sq era_box1_exploded_1000sq

81GaOhfPyFL._SL1300_81iq05C37SL._SL1300_ 81cYxn16AkL._SL1300_61qr4i3CGWL
David-Bowie-Aladdin-Sane-Album-Cover-1973
pin-ups

Se não o mais, um dos caras mais legais de longas gerações.

Imagens: Reprodução

A brincadeira com carros, relógios, e todos esse universo tem uma única definição: Boys with Toys.

É exatamente isso que enxergo nesse universo de pura diversão. Você quer o carro mais rápido do mundo pra que? Puramente para dar risada. Você quer um modelo clássico do cinema pra que? Puramente para dar risada. É isso!

Apaixonado por um fusca e sonhando com o Porsche 356, me ví imerso no universo do Professor Ferdinand Porsche e toda a história que começa lá na década de 30, depois com a chegada da segunda guerra, o patrocínio de Adolf Hitler, a sua morte na década de 50 e toda a história que os filhos e netos carregaram ao longo dos anos e transformaram o trabalho do Professor em um só nome: Porsche.

evolution-of-crest-copyright-porscheP02_0899_a5

Ferdinand Porsche tem início de sua carreira trabalhando para outras montadoras como Mercedes na Alemanha até que, devido ao seu belo trabalho de engenharia, é convocado pelo chefe de seu estado para criar um Volkswagen, que em alemão significa “carro do povo”. Hoje, o nome é conhecido por todos os lados por ser uma das montadoras alemãs de maior sucesso. O carro em questão? O Käfer, Bug, Beatle, Fusca. Reconheceu? A ideia era ter um carro que coubesse uma família com dois adultos e duas crianças, andasse a 100km/h nas recém inauguradas Autobahn (auto estradas) na Alemanha e tivesse uma mecânica fácil. Eis o Fusca!

7HiQ0YM

prototipo-type356-e type-60

Com a chegada do pedido de Adolf Hitler para criar um carro para povo, veio a chegada da invasão alemã a Polônia e o início da Segunda Guerra Mundial. Ou seja, todo o processo é paralisado para dar gás a indústria bélica e criar automóveis e tanques para literalmente aguentar o rojão.
Com o fim da guerra, junto com seu filho Ferry, Porsche cria um carro mais ágil, mais leve e se você bater o olho, vai ver as inúmeras semelhanças com o Fusquinha como os faróis, os frisos, as linhas, os pára-choques e até mesmo o interior. Chega então o Porsche 356, que na minha opinião é carro que gostaria de ter agora na minha garagem… até miniatura legal tá difícil.

A história continua e mostro aqui pra vocês dois documentários que achei e que valem muito a pena assistir. Um celebra os 50 anos, de 1948 a 1998 e o outro, dividido em três, até a história mais recente. Ambos fantásticos e ótimos para servir de referência em qualquer bate papo em uma mesa com os amigos, mostrando as corridas, Le Mans, o sucesso nos EUA e o surgimento do ícone de várias gerações, o Porsche 911 e curiosidades como ter sido chamado incialmente de 901, mas a Peugeot reclamou dizendo que o zero separando os números era uma marca registrada da montadora francesa. Enfim, assiste que vale muito a pena!

porsche_356_1964-27774

1-porsche-356-carrera-1959-1_large Porsche-356-A-2 Porsche-356-A-3_original 1952-Porsche-356-America-Roadster-12336-dash-A

 

 

 

 

 

Carros assim, infelizmente não são mais fabricados.

Fotos: Reprodução

Na sexta-feira vocês já sabem que aqui no VICCO sempre tem sugestão de lugar legal para comer e na última rolou o Conhecendo : Feed Food, restaurante de confort food que fica na parte de trás da Cartel 011, uma das lojas mais legais que essa cidade chamada São Paulo tem.

Como vocês leram no último post, a Cartel 011 é formada por algumas coisas muito legais: loja, bar, galeria, Feed Food e a Footbox, que é o que vou falar hoje por aqui. Com pegada cool e urbana, a “caixa” tem várias coleções especiais de diferentes marcas como Adidas, Nike, Asics, Converse, Puma… Todas elas com aquela boa e velha edição limitada que deixa qualquer um que é apaixonado pelo lifestyle com uma pulga atrás da orelha para adquirir o quanto antes.

VC_-26052015_DSF9557

É isso, a CZO Footbox é uma loja de tênis e alguns sapatos muito legais que fica dentro da Cartel 011 e junto a ela, o lifestyle por trás dos curadores de lá, Cristian Resende e Fernando Sapupo, que trabalham o bom olho para fazer a seleção de produtos que lá estarão a cada coleção. Acho isso simplesmente demais! Mesmo com o governo sem nos ajudar tanto, ter o surgimento (e o mantimento) de lojas em São Paulo cada vez mais destinadas à nichos, grupos, tribos. Hoje eu acredito que a comunicação é isso, bater na tecla e aparecer aonde realmente é preciso ao invés de grandes mídias. Parabéns Cristian e Fernando por manterem a coisa viva no estilo “muito bem obrigado”!

Cristian também desenha algumas peças como botas e alguns sapatos modelo Brogue – aqueles furadinhos que uso bastante, lembram? Ou seja, fica ligado que sempre tem coisa boa por lá.
Chegue, converse com um dos caras que trabalham lá, deixa o cara te mostrar coisas novas e respire o ar e a atmosfera da Cartel 011 ou CZO.

Se você está atrás de alguns modelos especiais de marcas street com edições limitadas aqui em São Paulo, é na Footbox que vocês vão encontrar. Corre lá ou entra no site dos caras para dar uma zapiada nos tênis, mesmo que minha dica seja ir lá, sentar, conversar e respirar um pouco do universo criativo da Cartel 011.

 

Serviço:
FootBox / Cartel 011
Rua Arthur de Azevedo, 517 – Pinheiros
Tel: 11 4305.7727
cartel011.com.br/footbox

VC_-26052015_DSF9562 VC_-26052015_DSF9560 VC_-26052015_DSF9552 VC_-26052015_DSF9551 VC_-26052015_DSF9553 VC_-26052015_DSF9554 VC_-26052015_DSF9556 VC_-26052015_DSF9563 VC_-26052015_DSF9564 VC_-26052015_DSF9566
Por mais lojas assim em São Paulo!

Fotos: @victorcollor

Ah Pinheiros! Sem dúvidas o bairro que tem reunido e aparecido as coisas mais legais que São Paulo pode ter. Um bairro mais leve e despretensioso em comparação ao Jardins, pois o Itaim nem entra nessa conta. Pessoas legais que vivem o bairro, vão ao mercado comprar suas verduras, saem para passear com seus cachorros, separam seus lixos, têm consciência social, restaurantes legais e toda uma cena que se podemos comparar com Nova Iorque, seria o nosso Brooklyn, sendo a região da rua dos Pinheiros a nossa Williamsburg.

Comparações a parte, hoje mostro aqui o sebo Desculpe a Poeira do Ricardo Lombardi, um sebo bem diferente de tudo o que você já viu aqui em São Paulo. Quando fui ao sebo como indicação de uma amiga, vi Ricardo e lembrei dele de algum lugar, mas não sabia ao certo, mas quando fui ao Brazil Foundation que rolou no início do mês aqui em São Paulo, tudo fez sentido. Ricardo é jornalista dos bons e já passou pelo Jornal da Tarde, Bravo!, Yahoo e até a masculina VIP, e também é o companheiro e pai da filha de Camila Sarpi, amiga e joalheira de uma delicadeza e bom gosto ímpar. Quando ví os dois na festa, a ficha caiu e na hora lembrei e disse ao casal: “agora tudo faz sentido!” Demos boas risadas… Mundo pequeno, não?

VC_-28042015_DSF9084

VC_-28042015_DSF9087

A ideia de livros interessantes com aquele cheiro gostoso de coisa antiga surgiu com o blog de dicas que Ricardo tem hospedado no Estadão e leva o mesmo nome. Resolveu então largar tudo e montar um espaço para chamar de seu em Pinheiros. Deixou de lado a vida de multi nacional e redações gigantescas de revistas para ter mais tempo para si, sua família, e por que não viver mais a vida de uma forma leve e despretenciosa.
Lendo algumas entrevistas com Ricardo, entendi perfeitamente essa ideia de largar tudo e transformar o que te dá tesão no seu trabalho, e não viver aquela vidinha chata para ganhar dinheiro e gastar com o que gosta na dobradinha sábado e domingo. Por que não juntar o útil ao agradável? Me identifiquei bastante com a história de Ricardo quando larguei minha vida de agência de publicidade para dedicar todo o meu tempo a vida de fotógrafo e dar mais gás ao VICCO que recentemente completou seus 4 anos de vida. Se não se dedicar com muito amor e carinho, a coisa não anda, é isso que vejo com o que rolou com minha vida e pelo visto, com a vida de Ricardo.

Não ache que o Desculpe a Poeira é aquele sebo tradicional, aonde estão uma infinidade de livros em prateleiras empoeiradas e largadas. Lá a coisa é diferente e Ricardo tem a mão de curador, colocando a disposição coisas tão legais que ele um dia já chamou de “meu”. Livros de assuntos muito legais, misturados a vinil selecionados, livros de fotografias, edições especiais e comemorativas de revistas e claro um café, e por que não um whisky? Ou seja, lá é uma espécie de sebo que tem um curador, então quando for conhecer, troque uma ideia, bata um papo, mostre um pouco do seu ponto de vista. Com certeza Ricardo vai te entender e enxergar com outros olhos, até achar algo que realmente se encaixe no pouco que você mostrou a ele. Eu por exemplo saí de lá com um vinil do Black Crowes, uma revista Interview que tem Jodie Foster em foto ótima na capa e um livro que dei de presente para uma pessoa especial. Legal, né?
Nas fotos dá para entender mais a pegada do sebo e como ele pode te ajudar. Está fora de São Paulo? Então passa no EstanteVirtual.com.br e dá uma zapiada que tem livros com sinopse e fala do estado de conservação.

Curtiu a pegada? Então passa lá para conhecer o sebo que tem o nome mais legal que já ví por aí, livros, revistas e vinil de qualidade, além de claro, conhecer Ricardo que faz tudo com muita dedicação e carinho, além de ser um cara cool e moderno, que carrega algumas tattoos e uma barba de fazer inveja a qualquer barbuda, inclusive eu (rss).
Parabéns pelo trabalho e pela opção de largar tudo e ter uma vida muito mais legal e sem exageros. É disso que eu falo em viver um lifestyle de verdade. lembram que falei disso aqui?

Serviço:
Desculpe a Poeira
Rua Sebastião Velho, 28-A / Pinheiros
lombardi@desculpeapoeira.com
EstanteVirtual.com.br/desculpeapoeira
Blog:  Ricardo Lomardi / Estadão

VC_-28042015_DSF9072 VC_-28042015_DSF9075 VC_-28042015_DSF9069 VC_-28042015_DSF9070VC_-28042015_DSF9077 VC_-28042015_DSF9078 VC_-28042015_DSF9079 VC_-28042015_DSF9080 VC_-28042015_DSF9073 VC_-28042015_DSF9074 VC_-28042015_DSF9082 VC_-28042015_DSF9083 VC_-28042015_DSF9086 VC_-28042015_DSF9088VC_-28042015_DSF9084

Isso é o que eu chamo de Lifestyle.

Fotos: @victorcollor

Vocês já conheceram o trabalho de Marcos Zeeba quando falei dele aqui e das fotos que fiz do menino que é talento puro. Formado em Los Angeles na MI, uma das escolas mais respeitada do mundo da Música, Zeeba se apresenta hoje no Karavelle, bar de cerveja boa de Dinho Diniz e Seu Jorge na rua Amaury no miolo do Itaim.

Recentemente Zeeba e sua banda até então, a Bonavox, ganharam o Grammy Amlipfier 2014, uma categoria dentro da premiação que enxerga novos artistas e usa as redes sociais para “amplificar”. Depois de rodar a California fazendo shows, os caras foram convidados para tocar no almejado festival SXSW / South by Southwest em Austin nos Estados Unidos. Demais né? Se liga aqui para entender.

Screen Shot 2015-05-28 at 6.25.47 PMScreen Shot 2015-05-28 at 6.14.26 PM

Com o prêmio na mão, a voz suave e de falsetes ótimos, Zeeba lança hoje o seu EP aqui em São Paulo diretamente de Los Angeles. Com pegada que nos lembram The Cooks, Maroon 5 e algumas coisas mais rock n roll como Strokes, o som agrada os ouvidos com letras de sua autoria.
Amanhã ele já estará no iTunes para vocês poderem baixar!

Selecionei aqui alguns vídeos que mostram o prêmio e a musica desse menino que ainda vai dar muito o que falar! Segura Zeeba!

 

Serviço:
Karavelle
Rua Amauri, 334, Itaim
karavelle.com.br
Horário: 8pm

 

Curtiu? Então amanhã pode buscar por Marcos Zeeba no iTunes ou acompanhar tudo pelo site dele AQUI ou no facebook.

VC_-09072013_DSF2211 VC_-09072013_DSF2229 VC_-09072013_DSF2240-Edit

Cheers!

Fotos: Reprodução e @victorcollor

Tem algum tempo que acompanho a postagem diária do meu querido Fernando Schlaepfer, um dos idealizadores do divertido coletivo carioca de fotografia e baguncinhas I Hate Flash. Já falei muito dos caras aqui lá atrás quando fui ao Coachella com a turma da então Ausländer do querido Cadinho Brautigan. Depois rolou muitas bagunças como os finais de ano em Milagres e por que não, o último Lollapalooza que vocês viram aqui as fotos do bonde de 80 pessoas que levei ao festival.

Através de um Tumblr, afinal o instagram e facebook não são muito amigos de pessoas nuas, Fernando está numa missão de postar uma foto de uma pessoa nua por dia, sendo o total de 365 postagens com a #365nus.
Tem foto em tudo que é canto e de todas as formas. Mais aberto, mais fechado, silhueta, banheira, jardim, mães com crianças… enfim, um trabalho lindo de ver pela beleza de ser tudo muito cru, muito natural e sem mega produções, muito menos mega maquiagens, não vou nem falar de produção de moda pois estamos falando de pessoas nuas, lindas e da forma que são, sem mais nem menos… Cru!

É sempre gostoso ver pessoas peladas, não é? Há belezas em tudo que é forma, independente do que a sociedade julgue ser o padrão a ser conquistado. Foda-se o seu preconceito e desculpa o palavreado, até seu avô já participou da ideia. Se liga!

Clica AQUI para ver o material na íntergra e segue Fernando no instagram que ele tem um daqueles perfis gostosos de seguir. Uma bagunça ali, mulher aqui, tudo com uma pegada carioca que essa turma tanto lutou para criar a cena mais divertida do Rio de Janeiro!

Screen Shot 2015-05-27 at 1.01.38 PM

tumblr_nmxjrthDP11qba6lwo1_1280 tumblr_nnlop3HVW01qba6lwo1_1280tumblr_no7fg1Hk9o1qba6lwo1_1280tumblr_nniy3t2svQ1qba6lwo1_1280 tumblr_noojesyWQp1qba6lwo2_r1_1280 tumblr_no25bdkbLd1qba6lwo2_r1_1280 tumblr_nna46lI8Si1qba6lwo1_r1_1280tumblr_nmsbaqukVO1qba6lwo1_1280

 

Fotos: @anendfor

 

Escrevendo esse post, resolvi vasculhar materiais antigos e achei essas três fotos que mostram bastante da essência de Fernando. Tira onde com ele mesmo, dá risada sempre e não se leva a sério. Isso sim é gente divertida!
Essas fotos foram feitas na Pool Party na viagem do Coachella com Cadinho. Tinha acabado de conhecer Fernando no ônibus da galera e o que nos uniu foi a fotografia. Ele com uma Leica linda e eu fui lá puxar papo dizendo que minha mãe estava no Japão e a encomenda era um Fuji X100S que vocês sempre vêm no meu instagram. Câmeras e busão, ainda rolou um problema no hotel e acabamos dividindo o quarto durante o festival. Eu, ele e o até então um cabra chato, Raul Aragão. Hoje estamos todos em casa e a diversão é garantida! Cheers!

VC_-12042013_MG_8476 VC_-12042013_MG_8477 VC_-12042013_MG_8478

 

Pelado, pelado, nú com a mão no bolso!

Fotos: @victorcollor