@victorcollor no Instagram


Artigos da categoria: PRATELEIRA

Acho engra√ßado a rela√ß√£o que vamos criando com certos m√ļsicos ao longo dos anos.
Lembro a primeira vez que ouvi John Mayer l√° em 2001. Como de costume,¬†em uma das viagens aos Estados Unidos, meu padrasto Gustav√£o foi em uma dessa lojas de discos e comprou a lista dos que haviam ganhado o Grammy daquele ano, e entre eles estava o primeiro √°lbum do cantor intitulado¬†Room For Squares, que havia ganhado¬†melhor performance vocal pop masculina para o single “Your Body Is A Wonderland”.
Naquela √©poca n√£o havia tanto acesso a arquivos digitais como nos dias de hoje, portanto, olhei para o disco, achei a capa simp√°tica e logo comecei a ouvir sem nem saber quem era. Depois ele estourou e continuei seguindo John Mayer at√© o terceiro disco de est√ļdio intitulado Continuum de 2006, que confesso aqui, marcou uma √©poca da minha vida que jamais irei esquecer.

Alguns amigos que viviam por Nova Iorque come√ßaram a comentar sobre o qu√£o bobo Johm Mayer era (ou √©?) e sua atitudes em certos clubes e restaurantes, al√©m das atitudes que a imprensa vinha soltando. N√£o me pergunte como, mas peguei uma certa birra do m√ļsico impec√°vel com atitudes desnecess√°rias e um dos √°lbuns que mais tocavam no meu iPod, simplesmente deixou de figurar a lista dos Top 10 daquela √©poca.

Anos depois, voltei a ouvir e explico aqui por que. Assisti recentemente a entrevista que John Mayer deu para o Hodinkee, um dos sites mais respeitados sobre o assunto rel√≥gio, e consegui enxergar um cara mais legal,¬†focado e sim, mais divertido. Na sequ√™ncia, depois da minha temporada carioca, em algum momento tive a chance de ouvir o disco Paradise Valley com Wildfire e Call me The Breeze, que me peguei ouvindo sem parar. Ou seja… mais uma vez digo, n√£o me pergunte como, mas estou ouvindo o √ļltimo disco de cabo a rabo.

Falando um pouco de estilo… ¬†com certeza John Mayer bebeu um pouco na fonte de Johnny Depp, Piratas do Caribe, Keith Richards e todo esse mundo que envolve esse estilo, com chap√©u fedora, len√ßos, casacos que s√£o quase ponchos, al√©m dos colares e o cinto. Ele vai al√©m do estilo nas roupas e o som de Paradise Valley tem uma pegada caipira americana muito f***.
Se liga:

John_Mayer_-_Paradise_Valleyjohn-mayer-press-2013-650-430 john-mayer

194654-e9062f08-0891-11e3-83dc-3d9ceca4e3ce

O cantor em um dos programas mais legais da TV… Later… with Jools Holland da BBC:

Vai e volta!

Imagem: reprodução

Atrav√©s do email de contato do blog contatovicco@gmail.com chegam algumas sugest√Ķes de posts e aqui est√° um deles que achei bem legal.

Com a onda de barbearias e esse lifestyle que não só me fascina, o meu leitor Bruno de Lucca me mandou esse vídeo que me lembrou muito o trabalho manual que o Max Poglia faz com suas facas e artigos de couro lá em NYC. Do Sul do Brasil diretamente para a cidade que almejo um dia morar, ele faz trabalhos impecáveis com essas matérias primas. Se liga no Tumblr dele que tem muita coisa legal sobre o seu lifestyle. Clica aqui para acessar a Poglia & Co ou fica ligado no instagram dele que vale muito a pena aqui.

Voltando ao  vídeo que Bruno me mandou, ele aborda uma das principais ferramentas de um barbeiro, a tesoura e como ela é feita. Fiquei impressionado com a perfeição do trabalho manual e a forma que ele dá o polimento no metal.
Se liga que demais:

Screen Shot 2014-07-28 at 2.38.41 PM

Thanx Bruno!

Esse fim de semana, mesmo com todo o sol que teve por aqui em São Paulo, assisti a alguns filmes e resolvi compartilhar um aqui com vocês.

Muita gente usa o Netflix para ver séries americanas e stand up comedy. Numa boa, essas coisas são legais? Sim, são, mas aproveite aquele tempo, seja ele 1 ou 2 horas, ou até 3 como são os filmes de Sergio Leone que você viram aqui, e aproveite para adquirir mais repertório e extrair o que o Netflix tem de melhor: os filmes clássicos em sua maioria e alguma coisa aqui ou ali que é novidade.

film-noir-chinatown-1974-movie-poster-via-professormortis-wordpress

Chinatown
Com 11 indica√ß√Ķes ao Oscar em 1975, o fleme de Roman Polanski tem Jack Nicholson ainda bem jovem e conta a hist√≥ria da guerra de √°guas na Calif√≥rnia. Considerado um dos maiores filmes do cinema mundial, ganhou Oscar de melhor roteiro de Robert Towne.

chinatownchinatown_5 dvd_china chinatown-1974-01

Repense a forma que você assiste Netflix!

Imagens: Reprodução

unnamed

Boraaaa!!!!

Imagem: Reprodução

sangue-negro

therewillbeblood

daniel_day-lewis_l

Daniel-Day-Lewis 18692274-18692276-large Daniel-Day-Lewis-There-Will-Be-Blood Daniel-Day-Lewis-in-There-001

Como n√£o havia assistido antes?

Imagens: Reprodução

E ontem a Beats by Dre soltou um comercial, que pelo o que tenho visto por ai, é um dos melhores até então.
Tenho visto poucos comerciais, mas com certeza esse me fez lembrar os comerciais √©picos da Nike com Ronaldo, Joga Bonito, …
No curta dirigido¬†por¬†Nabil Elderkin e produ√ß√£o da The SwordfightNele, Neymar Jr. aparece recebendo “instru√ß√Ķes” de seu pai e tudo se passa na forma como se fosse o Jogo antes do Jogo, talvez at√© um final… a press√£o que passa na cabe√ßa dessa molecada que vai nos dar tanta alegria nessa Copa do Mundo.

A trilha? Jungle de Jamie N Commons, X Ambassadors, clica aqui para ouvir na íntegra..

Lembram que falei aqui sobre o quanto Neymar Jr. jogou no jogo contra o Panam√°… e hoje tem mais! Seguuura!

neymar-beats

Pra cima deles Neymar!

Imagem: Reprodução

Lembram das fotos que fiz do meu parceiro e m√ļsico talentoso Marcos Zeeba? Pois √©, ele n√£o para e continua morando em LA com alguns pulos para o Canad√° aonde gravou o clipe de “Goodbey”.

O mood? Paix√£o de crian√ßa, lembran√ßas da inf√Ęncia e de cora√ß√Ķes partidos. Achei a fotografia demais, al√©m da mistura com cartoon. Boa Zeeba! Sucesso sempre.

VC_-09072013_DSF2191-Edit

Cheers!

Foto: @victorcollor