VIC&CO COPYRIGHT 2019. ALL RIGHTS RESERVED.

Blog

West Coast | 30 anos

Created: 19 set 2017  / Categories: Moda

A West Coast é uma marca que venho acompanhando há anos. Desde a marca que era especialistas em botas, passando por suas colaborações e que hoje chega aos seus 30 anos de história.

 

Para a ocasião a marca volta às suas origens e embarca numa viagem pela Califórnia. Com rica fotografia que retrata a tradicional costa oeste americana, a marca lança um curta metragem com o uso da fotografia como forma de presente ou lembrança, e reforça a importância de se valorizar a experiência. Aquela boa e velha história que já vimos em shows em que artistas param de tocar e pedem para que os fãs abaixem seus telefones e de fato, curtam o show ao invés de registrá-lo. Se está ali, por que não curtir, certo?

 

Dirigido por Pepe Mendina, o roteiro é inspirador e cheio de recordações no qual o passado serve de motor para o presente e futuro, e deixa uma certeza: curtir o momento é o mais importante do que registra-lo.

 

Aperta o play.

 


Conhecendo | L’Ecume Saint-Honoré, Paris

Created: 18 set 2017  / Categories: Comer & Beber

Em busca de comer frutos do mar frescos em Paris, uma simples busca no Foursqauare foi suficiente para encontrar uma série de lugares interessantes. A minha ideia era conhecer o Clamato, mas como houveram imprevistos no meio da tarde e que entraram noite a dentro na Cidade Luz, acabei não conseguindo conhecer, visto que os caras abrem somente no jantar.

 

Na mesma lista em que estava o bem falado e indicado por amigos parisienses, Clamato, estava também o LEcume Saint-Honoré, uma espécie de Oyster Bar com um ar de mercado à beira mar. Na entrada você é recebido por inúmeros frutos do mar frescos que vão desde os ótimos e diferentes tipos de ostras, passando por King Crab, pata de caranguejo, e indo até mexilhões para serem consumidos crus e uma série de outros mariscos. Confesso que alguns deles eu nunca tinha visto como o Violeta ou Figo do Mar, um marisco invertebrado da costa do mediterrâneo que tem um gosto particular e muito mais intenso do que o ouriço do mar, conhecido aqui no brasil por Uni por ser servido em diversos restaurantes japoneses. Ou seja, é para os fortes.

 

Passando pela geladeira com os mariscos da entrada, um trilha sonora distinta faz você parar e tentar entender o que está acontecendo. Esqueça a tradicional música que há em inúmeros lugares. Por lá a trilha sonora é uma gravação com gritos de gaivotas com o intuito de te transportar ainda mais para uma peixaria à beira mar.

 

Sem dúvida um lugar para conhecer e almoçar no meio da tarde. Eles ficam abertos o dia inteiro e diferente de outros lugares em Paris, a equipe é sorridente e sabe receber os clientes para que possam ter uma bela experiência.

Se a ideia é ser um Oystrer Bar, sem dúvidas esse é um lugar que será difícil de esquecer.

 

 

Serviço:
L’Ecume Saint-Honoré
6 Rue du Marché Saint-Honoré, Paris
Tel: 01 42 61 93 87
ecume-saint-honore.fr

 


Conhecendo | Contramar, CDMX

Created: 01 set 2017  / Categories: Comer & Beber

Sem dúvida esse foi o melhor almoço que tive na Cidade do México na última semana quando estive ao lado do Diogo Sevílio na final do World Class Competition da Diageo.

 

O Contramar foi sugestão de muita gente quando pedi dicas de onde comer na CDMX. Clássico e desses restaurantes da vida toda com garçons afiados, serviço rápido e muitos mexicanos/poucos turistas. Os pratos? Deixo que as fotos falem por si só.

 

Serviço:

Contramar

Calle Durango 200, Roma

contramar.com.mx

 


24 Horas em SP

Created: 16 ago 2017  / Categories: De Rolê

Junto com o quantidade de novidades que a nova GOL tem apresentado sob o novo comando de German Carmona, entre elas está o projeto Timing Perfeito que tem como ideia central informar o que fazer em determinadas cidades e não perder o seu precioso tempo. Aquela velha história doas boas dicas que ainda estão longe dos guias convencionais.

 

O projeto tem início em São Paulo e cidades como Rio de Janeiro e Recife já estão na mira de Ricardo Moreno do The Summer Hunter, que assina o projeto junto com a GOL.

O TSH é um site que busca traduzir tendências globais de comportamento por meio de experiências e conteúdo original, que são a cara de uma vida solar, on e off line, de modo a inspirar pessoas e marcas. Posso dizer que o resultado do bom gosto está traduzido nesse primeiro vídeo, aperta o play!

 


Conhecendo | Yorimichi Izakaya

Created: 11 ago 2017  / Categories: Comer & Beber

Que a onda dos botecos japoneses estão em alta em São Paulo, isso já não é novidade pra ninguém, vide a quantidade de casas que abrem com essa proposta de “boteco japonês”, sejam elas fazendo lamen, cozinha quente, sanduíche de barriga de porco ou espetos grelhados - que é justamente o ponto alto do Yorimichi Izakaya.

 

Descendente de japonês, Ken Mizumoto que há anos está a frente da cozinha do Shin-Zushi, restaurante de sua família aberto por seu pai em 1981 no bairro do Paraíso, abriu há pouco mais de um ano o Yorimichi no mesmo bairro. A palavra é sinônimo de espeto em japonês e a ideia por lá é sentar em algum dos 15 lugares que abraçam o balcão recheado de garrafas de saquê e se divertir nos espetos. Há muita coisa no cardápio que vai além da fina e longa grelha que recebe os clientes ao entrar no estabelecimento, além do sorriso simpático e verdadeiro do próprio Ken.

 

Fazia muito tempo que não ia a um restaurante em que exatamente tudo o que foi pedido, foi devorado, apreciado e com o fim de “quero mais”. O cardápio é extenso mas se você for com mais de duas pessoas - famintas, você aproveitará muitos dos pratos e terá uma bela experiência. Comemos 22 porções, com duas repetidas no meio do caminho e sim, valeu cada dentada.

 

Se você é fã do Shin-Zushi, fique tranquilo que Ken tem se dividido entre os dois estabelecimentos.

 

Serviço:

Yorimichi Izakaya

Rua Otávio Nébias, Paraíso

Tel: 11 3052-0029

yorimichi.com.br


Conhecendo | Cór Gastronomia

Created: 08 ago 2017  / Categories: Comer & Beber

Aproveitei o frio e o fim de semana em São Paulo para conhecer o já não tão novo Cór, que abriu em Março desse ano e tem o fogo como elemento principal da sua cozinha.

 

Uma bela churrasqueira recebe os clientes que entram na demasiada imponente fachada do restaurante no Alto de Pinheiros que tem Thais Alves (ex-Maní) a frente da cozinha e uma mão do famoso açougueiro peruano Renzo Garibaldi, proprietário do restaurante OSSO em Lima que veio ao Brasil fazer consultoria para o restaurante e dar alguns pitacos por ai.

O espaço fica em frente uma bela praça recheada de árvores e conta com uma espaçosa área externa que serve tanto para a espera como para o almoço ou jantar. Após passar pela bancada da hostess que recebe todos os clientes e chegar ao interior do restaurante, você será recebido pela cozinha aberta com a bela churrasqueira que mencionei acima que dão calor ao ambiente claramente assinado por um arquiteto com um inesquecível sofá em pelúcia e a enorme adega recheada de milhares de rótulos estocados.

 

No menu, muita coisa boa e sem muita mistura de ingredientes. A ideia por lá é simples: trabalhar poucos e bons elementos.

Para começar a Pupunha com Cogumelos foi devorada ao chegar. O Ceviche Quente foi uma supressa muita boa. O peixe chega frio em uma cumbuca de pedra sabão pré-aquecida e é adicionado na mesa, aos olhos do freguês, o molho quente e muito equilibrado para bater com o coentro e a pimenta dedo de moça. O Polvo chegou macio e bem temperado com uma delicada salada de erva doce e maça verde. O Tartar passou despercebido em meio a tanto sabor e para finalizar, as duas caras e ótimas carnes: T-Bone e Prime Rib que vieram no ponto exato, ponto da casa. Para acompanhar o surpreendente Repolho na grelha com molho de ostras e pasta de castanha do Pará. Os legumes são bons, mas assim como o Tartar, passaram despercebidos em meio a tanto sabor.

A sobremesa não teve tanto destaque. Peça um café coado da fazenda Don Viçoso para finalizar.

 

 

Serviço:

Cór Gastronomia

Praça São Marcos, 825, Alto de Pinheiros

Tel: 11 3726-2908

corgastronomia.com.br

 

 

 

Ainda em tempo, há poucas semanas Renzo Garibaldi foi à Cozinha 212 com uma turma de amigos que gosto muito. Confesso que não o conhecia mas havia escutado algumas pessoas do meio falando sobre seu nome e sua vinda em março para a abertura do Cór. Muito menos sabia de seus prêmios, seu restaurante, seu ofício enquanto açougueiro, dry age, número X do mundo e suas inúmeras consultorias Peru a fora. Ao chegar ao 212 fui apresentado a Renzo. Sem fazer ideia de quem era aquele cara grande de boné e barba, puxei um papo em espanhol quando ele disse que era peruano. Gosto muito de ser simpático com estrangeiros, afinal é muito legal ser acolhido por locais em qualquer lugar do mundo. Com essa premissa, fui simpático com o cara que eu não fazia ideia de quem era e disse que deveria voltar para conhecer a casa, visto que já passava da meia noite e a cozinha já havia encerrado. De poucas palavras, disse “ok” e foi ao bar pedir seu drinque. Enquanto esperava o preparo, foi até a cozinha aberta de onde saem os grelhados, onde os ótimos Ricardo e Zé finalizavam o serviço, e resmungou dizendo ser precário.

 

Uma coisa é certa: trabalhar com infraestrutura dos outros é muito fácil.

Verdade a ser dita, prefiro ser “precário” de um todo a ser “estruturado” de uma parcela.


De Cara Nova

Created: 03 ago 2017  / Categories: Moda

Sem dúvida as pulseiras de relógio em metal dão durabilidade e pouca preocupação quando o assunto é qualidade, mas com certeza as pulseira em couro, nylon e borracha dão outra cara aos relógios de pulso que chegam ao ponto de alterar completamente o modelo em questão. Seja na proporção, seja na leveza no olhar, chama menos atenção e dá mais personalidade aos modelos, sejam eles recém saídos da boutique de grandes marcas ou com mais de 40 anos de história.

 

A comprovação do sucesso de pulseiras distintas estão em inúmeras marcas suíças como a Omega que lançou recentemente seus modelos com a opção de couro com o famoso pesponto próximo a caixa e até mesmo a última criação de uma linha contínua de pulseiras NATO (nylon) que você pode adquirir a qualquer momento na loja dos caras. Aqui no Brasil eles estão no shopping Cidade Jardim. Outra marca, mais relutante às mudanças, que vem se adaptando aos poucos é a Rolex que nas últimas BaselWorld apresentou modelos em borracha.

 

Aqui no Brasil você encontra diversos modelos com distintos pespontos e estilos na Raw&Co. Feitas a mão, a marca utiliza couro e borracha na confecção das suas pulseiras que estão a venda no Mercado Livre e na loja Prime List que vende inúmeros modelos usados e de procedência.

 

Acompanhe os caras na no instagram:

@_rawco_

@primelistbr

 


Daniel Craig segue como James Bond

Created: 26 jul 2017  / Categories: Prateleira

Que recomecem os trabalhos. Daniel Craig interpretará mais uma vez o agente secreto mais famoso do mundo.

 

Ao que tudo indicava, a participação de Craig como James Bond havia encerrado em SPECTRE, o último filme lançado em 2015. Houve muita especulação sobre quem seria o próximo ator a encarnar o agente secreto. Quando falo em encarnar é o fato que muitos atores, após anos carregando a sigla 007, reclamam que ficam muito inserido no papel e são lembrados somente por esse trabalho. Antes de Craig, houve boatos que Clive Owen teria sido procurado para interpretar o agente. Com uma negativa, o ator comentou que não queria ficar com a eterna chancela que todos atores carregam até o fim de suas vidas. Entendo parte dessa reclamação, mas sem dúvida esse é um sinal de sucesso.

 

"Eu preferiria quebrar esse copo e cortar Meus pulsos " foi essa a frase que ficou famosa junto ao lançamento de SPECTRE. Em uma entrevista, Craig havia informado que queria seguir em frente e colocar um ponto final na trajetória de quase 10 anos e 4 filmes rodados.

Em nota, o New York Times informou que em conversa com duas pessoas da MGM e da EON Productions, que preferem manter o anonimato, que foi um acordo muito bem amarrado.

De duas, uma: Ou o acordo não estava mais satisfazendo Mr. Craig, ou ambas companhias não encontraram uma pessoa exata para o papel e ficaram com medo de dar um passo para frente e dois para trás.

 

Na última segunda feira, a Eon Productions, a empresa com sede em Londres que supervisiona todas os direitos da marca 007, e a Metro-Goldwyn-Mayer, que detém direitos sobre a franquia, disseram que o filme de número 25 da maior saga do cinema chegará às telonas no dia 8 de Novembro de 2019.

Vamos aguardar...

 

Abaixo, coloquei as fotos de Daniel Criag feitas por Annie Leibovitz para a Vanity Fair em 2012 como divulgação de Skyfall. Sem dúvida, uma das séries de fotos mais bonitas de Craig enquanto Bond.

 


Tart Arnel X Moscot Lemtosh

Created: 24 jul 2017  / Categories: Moda

Lembro desde pequeno que o fascinante universo dos óculos sempre teve papel importante em casa. Minha mãe sempre teve inúmeros modelos com gavetas recheadas de caixas e armações soltas. Meu pai também sempre teve um carinho especial e sempre gostou de se divertir com os modelos da época como os Vuarnet e suas lentes espelhadas e os clássicos modelos Ray Ban quando ainda pertenciam à Bausch & Lomb. Se prestar atenção nos modelos vintage da marca, você verá que há uma marcação BL ainda gravada no cristal em cada uma das extremidades das lentes. Em 1999 a marca foi vendida para a Luxottica e ao invés de serem produzidos nos Estados Unidos, passaram a ser produzidos na Itália e deixaram de ter esse pequeno detalhe.

 

Ainda nas minhas lembranças, logo quando comecei a usar lentes de grau há uns 10 anos, o modelo usado por Johnny Depp sempre me chamou atenção. Clássico, atemporal, em acetato, sólido, ... são inúmeras as características que podemos dar ao modelo. Em conversa com Francisco Ventura da ótica que leva seu sobrenome, ele me contou que o modelo em questão teve bastante notoriedade – ainda mais hoje, quando vivemos esse universo da volta ao passado, por ter sido a base do desenho do produto oferecido pelo governo americano para a população em meados do século XX. Uma espécie de INSS por lá. Pode-se dizer que o resto se desenrolou daí.

 

Por fim, descobri que o tal modelo de Johnny Depp era o Lemtosh da americana Moscot que falei aqui. E sim, a marca se gaba por ser a escolha do eterno Jack Sparrow e inclusive tem fotos do ator no mural presente em várias lojas da marca que mostram os “personagens” que usam/usaram os modelos como o fotógrafo Terry Richardson, o eterno Truman Capote e o próprio Depp.

Indo a fundo no assunto, me deparei com a Tart Optical, uma outra ótica que tem um modelo muito semelhante ao Lemtosh da Moscot e também se gaba que Johnny Depp usa a sua marca. Estranho...

 

Os óculos são realmente muito semelhantes, desde as cores, passando pelo desenho dos rebites nas duas extremidades da armação, a “ferradura” no nariz, ... a olho nu pode-se dizer que estamos falando do mesmo modelo.

Mas uma diferença é grande quando falamos em preços. O Lemtosh da Moscot custa em média US$ 260, enquanto o Arnel da Tart chega a custar US$ 400.

Li em um artigo que os rebites que aparecem na armação do Arnel na frente e nos lados, são o que prendem as dobradiças (charneiras), enquanto o modelo da Moscot tem os rebites colados e os rebites são ilustrativos.

 

Tenho dois modelos Lemtosh 46 / médio da Moscot e já tive um maior no passado e tive o azar de sentar em cima, quebrar a haste e ver que não era colada, e sim fazia parte do rebite, indo até a dobradiça (charneira). Pelo tal motivo, até hoje, ele segue na gaveta no mesmo estado.

 

Até agora não sei a real diferença entre ambos, visto que são duas óticas antigas, sendo a Moscot ainda mais velha, datando 1915 contra meados dos anos 1940 da Tart.

Afinal, qual será o verdadeiro modelo usado por Johnny Depp?

 

Serviço:

Tart Arnels | tartoptical.com

Moscow | moscot.com

 

 


Top